Gripe: como curá-la de forma eficaz?

Gripe: como curá-la de forma eficaz?

A gripe é uma doença infecciosa muito frequente que contamina milhões de pessoas a cada estação, em particular, durante o outono e o inverno. 

O nariz pinga, a garganta arde, você espirra? Sem dúvida, você pegou uma gripe, como muitas pessoas no inverno. Essa infecção nasal é muito frequente e contamina todos os anos milhões de pessoas em todas as estações do ano. Entretanto, ela manifesta-se mais nos tempos frios, como no inverno e no outono. 

Estima-se que um adulto fica gripado quatro vezes por ano. As crianças, mais sensíveis, podem ficar doentes entre 6 e 10 gripes por ano. Muitas vezes a doença pode ser confundida com outras. É importante conhecer bem os sintomas e como livrar-se rapidamente desta infecção.  Por isso, Gentside decidiu dar um empurrãozinho sobre a gripe e os diferentes meios de tratá-la.

No nosso programa: 

- Gripe: nariz escorrendo e outros sintomas

- Tratamentos e medicamentos: como curar uma gripe?

- A homeopatia contra a gripe

- Gripe: inalação de óleos essenciais para curar a gripe 

- Os remédios de vó contra a gripe 

 

Sintomas da gripe: os primeiros sintomas a serem identificados para uma cura rápida 

A gripe pode ser causada por mais de 100 vírus diferentes. Entretanto, os sintomas são sempre os mesmos e concentram-se nas vias respiratórias superiores. Durante todo o ano nosso corpo é exposto a um número enorme de vírus que causam a gripe, todos pertencente à família do rinovírus ou coronavírus. Entretanto, nem sempre é possível neutralizá-lo rapidamente. Depois de um período de incubação relativamente curto, surgem os primeiros sintomas. Geralmente, a dor de garganta é o primeiro que aparece seguido pelos espirros, congestão nasal e uma leve fadiga. Alguns sofrem de dores de cabeça, tosse, febre e dores musculares. Mas estes últimos costumam manifestar-se de forma  mais moderada quando comparados a outras doenças mais sérias que a gripe.   Procure seu médico se os sintomas se agravarem.

No geral, os sintomas persistem por uma semana antes de melhorarem. A doença é, na maior parte das vezes, benigna e viral, e não há necessidade de consultar um médico. Mas é importante consultá-lo se os sintomas se agravarem: se a febre aumenta ( mais de 39°C), se as dores persistentes aparecem no nível das orelhas ( otite) ou no rosto, se a tosse se intensifica ou ainda se uma conjuntivite aparecer. Esses sintomas podem revelar complicações (ainda que raras) ou uma outra infecção mais séria que gripe. Quando a gripe atinge as crianças mais jovens ( menos de 4 anos), é aconselhável consultar um médico já que a infecção pode causar insuficiência respiratória.  

 

ratamento da gripe: quais medicamentos devem ser ministrados?

A gripe é quase sempre de origem viral, o organismo é capaz de neutralizar o vírus  sem nenhum tratamento necessário. Os tratamentos visam a aliviar os sintomas. Como na maior parte das doenças virais, não existem tratamentos particulares para curar uma gripe. Mesmo os antibióticos são ineficazes. No geral, os sintomas duram uma semana. Mas a intensidade e a duração podem ser reduzidas graças a certos medicamentos. O paracetamol ajuda a baixar a febre e reduzir as dores de cabeça.

A aspirina é fortemente desaconselhada nos crianças no caso de doenças virais, em razão de uma ligação potencial com uma doença grave chamada síndrome de Reye.  Para aliviar a congestão nasal, é aconselhável assoar o nariz regularmente. Em alguns casos é possível usar descongestionantes sob a forma de vaporizadores nasais. Ainda assim, eles são desaconselháveis para crianças em razão da eficácia reduzida e dos efeitos indesejáveis. O melhor é recorrer a uma solução salina ou de serum fisiológica para lavar o nariz. 

Atenção aos medicamentos antigripais. No mercado existem atualmente medicamentos especialmente indicados para combater a gripe combinando analgésicos e descongestionantes ( frequentemente pseudoefedrina). Acessíveis sem receita, eles são comercializados sob diversos nomes como Coristina, Benegrip,etc.Entretanto, eles são objeto de diversas pesquisas da parte das autoridades sanitárias que estimam que há efeitos indesejáveis fortes comparados ao caráter benigno da gripe. Se eles aliviam certos sintomas, eles não aceleram a cura. Esses medicamentos também não são aconselhados para as crianças. Não hesite em aconselhar-se com um farmacêutico ou médico antes de tomar qualquer medicamento. 

 

A homeopatia contra a gripe

A gripe pode curar-se sozinha, não é necessário tomar nenhum medicamento. Entretanto, alguns medicamentos leves, como os de homeopatia, podem aliviar os sintomas. Como os medicamentos, os remédios homeopáticos não vão tratar da infecção em si. Eles podem aliviar a intensidade e duração de certos sintomas da gripe. Mas para cada sintoma, há um remédio, e é importante conhecê-los. Não hesite em pedir ajuda ao médico ou farmacêutico.

 O nariz escorrendo é um dos principais sintomas da gripe mas o remédio será diferente de acordo com a consistência e cor da secreção. As dosagens (número de bolinhas por dia) assim como a duração do tratamento varia em função da pessoa e da intensidade dos sintomas. A opinião de um especialista é fortemente recomendada em caso de dúvida. 

 

Gripe: inalação de óleos essenciais para curar a gripe

Além da homeopatia, é possível usar outros medicamentos leves como óleos essenciais igualmente capazes de aliviar alguns sintomas. Nariz entupido, nariz que escorre, dor de garganta... mesmo que seja benigno, a gripe é bastante chata. Inalações e uso de óleos essenciais podem aliviar os sintomas. Entre os mais utilizados estão o mentol e o eucalipto, particularmente eficazes contra a congestão nasal. O segredo do eucalipto reside em seu princípio ativo, o eucaliptol, que possui propriedades antissépticas. Contra a gripe, eles podem ser usados com fricção, uso oral, sob a forma de infusão e ainda sob a forma de inalação. Este último método permite o produto de agir diretamente nas vias respiratórias. Entretanto, o efeito do eucalipto pode ser forte e ele deve ser evitado quando em contato com o rosto ou de ser inalado em grandes quantidades. Ainda, deve ser usado com cuidado por mulheres grávidas e em doses pequenas em crianças. 

Para as inalações, o melhor é colocar algumas gotas em um lencinho e respirar profundamente. Para as fricções, é importante diluir o óleo essencial de sua preferência em um óleo vegetal de base antes de aplicar sobre a pele, no peito, pescoço e alto das costas. Os diferentes métodos permitem descongestionar e eliminar as infecções nasais. O mentol contra o nariz entupido e o limão contra dor de gargantaComo o eucalipto, o mentol possui propriedades anti inflamatórias e pode aliviar os narizes entupidos ou irritados. É possível encontrar em farmácias muitos produtos à base de mentol que funcionam por fricção, inalação ou ingestão. Mas algumas precauções devem ser tomadas, como não aplicar direto no rosto. 

Contra o nariz escorrendo, outros óleos são eficazes como o niaouli, pinheiro, canela, lavanda ou chá verde. Contra a dor de garganta, o óleo de limão, tomilho ou gengibre podem ser utilizados, da mesma forma que dissemos antes. Além disso, é ainda possível misturar óleos. Mas é importante conhecê-los bem, não hesite em consultar um especialista ou o seu farmacêutico.  

 

Os remédios de avó contra a gripe

Para aqueles que preferem não tomar remédios, há sempre algumas dicas de avó para que nos sintamos melhor mais rápido. Desde a aparição dos primeiros sinais da gripe, é recomendável seguir algumas dicas para que os sintomas não se ampliem. É também recomendável ficar em casa e descansar para que o sistema imunitário possa reagir. É importante que a temperatura do ambiente  não seja muito elevada (19-20°C) e que o ar circule. Junto a isso, é bom assoar o nariz regularmente e realizar lavagens nasais para descongestioná -lo.

Tomar duchas e banhos de banheira quentes também aliviam o nariz, assim como beber água. Ela permite fluidificar o muco e facilita a expectoração. Não conserve lencinhos usados e lave frequentemente as mãos com sabão. Infusões com sálvia, tomilho e eucalipto.

Para aliviar os sintomas, existem remédios de vó cuja eficácia varia em função da pessoa e da intensidade dos sintomas. Entre eles, infusões à base de sálvia, desinfetantes e estimulantes, ou à base de tomilho. Para fazer, coloque algumas folhas destes ingredientes em água fervendo, deixe infusionar ao menos dez minutos e coloque um pouco de mel. Beba enquanto estiver quente. Da mesma forma, é possível fazer infusões com eucalipto, menta ou limão. Para este último, esprema o limão na água previamente quente. Coloque um pouco de mel e beba quente. Folhas de tomilho podem também ser acrescidas à preparação. 

Leia também
Mulher com 1,80m de quadril faz sucesso no Instagram

Os mais ousados podem colocar cebola ou alho. A receita leva 3/4 de alho ( amassados, de preferência) ou 1 ou 2 cebolas. Eles devem ser postos em água fervente, ao menos meio litro. Deixe infusionar por 10 minutos, filtre, coloque mel e beba quente. 

Em caso de gripe ou resfriado, é possível tomar uma bebida alcóolica bastante conhecida . Para prepará-la você precisa uma xícara de água, uma colher de sopa de rum escuro, uma colher de sopa de mel, suco de meio limão e um pouco de canela. Deixe ferver a água em uma panela, coloque o rum, mel, suco de limão e canela. Mexa, deixe ferver por alguns minutos para que a mistura fique homogênea. Coloque em uma taça ou uma tigela e beba. 

Bruna Moura
Sem Internet
Verifique suas configurações