Candidato Belga é proibido de fazer campanha no Facebook por causa de seu nome

Candidato Belga é proibido de fazer campanha no Facebook por causa de seu nome

Este candidato às eleições para a camara de Lobbes, cidade da região da Valónia, na Bélgica, não conseguiu registar-se no Facebook com seu nome real por este ser "considerado ofensivo". A história do belga de 26 anos cruzou as fronteiras.

Há alguns dias atrás, Luc Anus, um candidato socialista da localidade de Hennuyère, ficou conhecido por causa de seu sobrenome, ficamos a conhecer a sua dificuldade para se expor nas redes sociais e medias. 

Algumas pessoas acham divertido, mas o candidato bem conhecido na aldeia não se importa. "Pessoalmente, eu não me importo, mas a falta de respeito das pessoas, que obviamente se sentem muito fortes atrás de um computador, é realmente grande, e não me surpreende que pessoas mais fracas possam ter pensamentos suicidas ", disse ele ao jornal Sudpress.

Como os outros candidatos, o homem que disputa as eleições de 14 de outubro em Lobbes está em campanha e está a dar-se a conhecer. O objetivo foi cumprido. Está feito ... O sobrenome da família do político de 26 anos cruzou as fronteiras. O Daily Mail dedicou um artigo ao belga. "O candidato político belga Anus não pode fazer campanha no Facebook com o seu nome real", título dado pelo site britânico.

É verdade que Luc Anus teve que mudar o seu nome de família no Facebook porque ele é considerado muito "ofensivo". Como resultado, a rede social não o aceita ... O candidato, portanto, escolheu "Luc Anu" para que sua identidade pudesse ser validada.

Leia também
"Boo": o cachorro mais querido do Facebook

"Eu não deixo o Facebook, só porque a rede social não aceita ... Eu nunca pensei em mudar o meu nome - mesmo quando eu era mais jovem na escola, nunca me incomodei com o assunto, acontece que algumas pessoas que conheço pela primeira vez não acreditam em mim a princípio, mas é só isso. ", disse ele.

De acordo com dados do registro civil belga, existem 49 pessoas com sobrenome Anus e todas moram na região de língua francesa da Valónia.

Mas os nomes estranhos de candidatos não são exclusividade dos Belgas. No Brasil, tem muita coisa nas eleições deste ano que até parecem mentira, mas não são!

• Pedro Souza
Leia mais