Os jogadores de futebol que acabaram a carreira completamente falidos

  • Garrincha: o gênio brasileiro morre em 1983 de cirrose em uma pequena casa. Ele ficou totalmente sozinho, arruinado e sobretudo alcoólatra.
  • "Hoje, estou sozinho. Eu me sinto abandonado", declarou Emmanuel Eboué há alguns meses, traído por sua ex-mulher, que esvaziou sua conta bancária.
  • Jay-Jay Okocha: em 2007-2008, quando jogava no Hull City, o nigeriano viu a falência, especialmente por causa do vício em jogo.
  • Joachim Fernandez: o antigo jogador do Bordeux faleceu em 2017. Ele estava em situação de rua e foi encontrado morto sozinho na rua.
  • Samuel Ipoua: ele se divorciou, então veio a falência e a depressão. Hoje, o antigo jogador do Toulouse e do Inter é consultor de TV.

Apesar de seus salários, os jogadores de futebol profissionais podem também acabar na bancarrota. É bem isso que aconteceu com esses dez jogadores.

Na Liga 1, o melhor salário da temporada 2018/2019 foi do brasileiro jogador do Paris Saint-Germain, Neymar, que levou 3,06 milhões de euros brutos por mês, por volta de 13 milhões de reais. Se é bem improvável que Neymar, Lionel Messi ou até Cristiano Ronaldo terminem falidos no final da sua carreira dada a altura mirabolante de seus salários, muitos outros jogadores profissionais acabaram arruinados.

Tudo se dá com ajuda de divórcios custosos, familiares que abusam de suas contas bancárias, vida sem limites, festas e apostas financeiras de ousadia. Recentemente, Emmanuel Eboué, antigo jogador do Galatasaray e do Arsenal acabou sendo enganado por sua ex-mulher. Completamente arruinado, o marfinense estava dormindo no chão na casa de um amigo e ainda estava sendo cobrado por dívidas. Hoje, tudo parece estar um pouco melhor para Emmanuel Eboué, que se casou novamente na Costa do marfim. Se o antigo lateral conseguiu sair dessa, não foi esse o caso de todos os jogadores de futebol falidos, entre os quais alguns terminaram na solidão completa...

• De Freitas Agostinho
Copa do Mundo: os pais e filhos que jogaram o Mundial

Copa do Mundo: os pais e filhos que jogaram o Mundial


Sem Internet
Verifique suas configurações