Jovem torna-se multimilionário ao revolucionar o tratamento da diabetes

Jovem torna-se multimilionário ao revolucionar o tratamento da diabetes

Harry é um jovem formado na Universidade de Bristol que desenvolveu um novo tratamento contra a diabetes e acabou tornando-se multimilionário.

Harry Destecroix é um jovem formado na universidade de Bristol e já se tornou um dos homens mais ricos da Grã-Bretanha. Sua startup, que ele acabou de vender por vários milhões de dólares, tem como objetivo encontrar um novo tratamento contra a diabetes.Harry Destecroix, cofundador da startup Ziylo, junto com o seu professor Anthony Davise e o administrador Tom Smart, já é um dos homens mais ricos da Inglaterra.

O motivo? Ele acabou de vender a sua sociedade de uma empresa dinamarquesa especializada em tratamentos contra a diabetes por 800 milhões de dólares, o equivalente a 3,2 bilhões de reais.

A ideia de um novo tratamento para a diabetes é muito entusiasmante para qualquer tipo de pessoa mas virou um plano de vida para Harry. Aos 31 anos, Harry Destecroix já possui um doutorado em química na Universidade de Bristol.A sua empresa foi criada dentro da universidade, como um programa de extensão universitário, e trabalha com uma insulina inteligente que tem potencial de reação e de adaptação a altas taxas de glicose. A substância funciona apenas se a taxa de açúcar estiver suficientemente alta no organismo limitando, dessa forma, riscos de hipoglicemia em diabéticos. Ele afirma que suas pesquisas “trazem esperança para um tratamento realmente revolucionário para os pacientes diabéticos”.

Se os trabalhos ainda estão em fases experimentais, a venda deverá possibilitar a aceleração do processo de desenvolvimento do tratamento, uma vez que agora o orçamento aumentou de forma assustadora.De acordo com a Federação Internacional do diabetes (IDF), há mais de 435 milhões de pessoas com diabetes no mundo. Um número que, de acordo com as estimativas da organização, poderá ultrapassar os 629 milhões nos próximos anos. Na França, por exemplo, 3,7 milhões de pessoas são diariamente afetadas por essa doença. 

Leia também
Descubra o efeito surpreendente do leite com Coca-Cola

Será que a venda da Ziylo pode provocar diversas consequências, aprimorar ou pelo menos incentivar o tratamento da diabetes? A resposta de Harry a essa questão é positiva. Ele diz: “A Novo Nordisk, líder no campo da diabetes, é a empresa ideal para maximizar o potencial do arranjo de moléculas de glicose em insulina e em utilidade para o tratamento da diabetes. Isso traz esperança de uma reviravolta no tratamento de pacientes diabéticos”, explicou.

Harry, por fim, contou como chegou a um lugar de destaque na sua trajetória profissional. “Em casa, quando meus pais me diziam que eu não podia fazer alguma coisa, eu perguntava o porquê. Isso também valeu para a escola, e igualmente na vida profissional”.

• De Freitas Agostinho
Leia mais
Sem Internet
Verifique suas configurações