Um misterioso objeto encalha em uma praia da Carolina do Sul

Um misterioso objeto encalha em uma praia da Carolina do Sul

Desde que encalhou em uma praia da Carolina do Sul, nos Estados Unidos, imponente objeto suscita diversas especulações. Fragmento de uma nave espacial, lixo armamentício e até mesmo parte de um disco voador... Nenhuma certeza, além da que a imaginação dos internautas é das mais férteis.

Resto de uma nave espacial, fragmento de munição, ou... pedaço de um disco voador?! Na manhã do dia 4 de outubro, um estranho objeto apareceu em uma praia na Carolina do Sul, Estados Unidos. 

"Eu vi isso esta manhã, enquanto caminhava. Eu achei que era uma bóia, mas também poderia ser o resto de uma nave alienígena", hesitou um internauta depois de encontrar o objeto indescritível na costa de Seabrook Island, uma pequena extensão de terra a cerca de 40 quilômetros ao sul da cidade de Charleston.

Uma estranha textura

Com aparência de concreto, na verdade é de um material totalmente diferente que esse "monstro marinho" seria constituído, como destacou a Lowcountry Marine Mammal Network (LMMN), uma ONG local para a proteção da fauna marinha que postou fotos do estranho objeto nas redes sociais na esperança de que alguém o identificasse.

"Não contém metal, é feito inteiramente de espuma", disse Lauren Rust, diretora da Lowcountry Marine Mammal Network, ao The Post and Courier. Daí sua surpreendente leveza: 90 quilos apesar de seu tamanho exceder 1,50 metros. E os responsáveis pela associação ressaltaram a velocidade com que as autoridades locais retiraram o objeto misterioso... O que deu origem a hipóteses mais irracionais.

A hipótese mais maluca proposta pelos internautas certamente foi a de ser um pedaço de uma nave extraterrestre... Os pequenos homens verdes teria sofrido uma pane bem em cima do oceano? Nenhuma certeza entre as pistas mais prováveis. Por outro lado, há teorias que atribuem ao objeto origens humanas.

Um resíduo de mais de trinta anos?

"Isso poderia ser parte do tanque externo do ônibus espacial Challenger", disse outro usuário da rede social, sugerindo fazer contato com a Nasa. Uma opinião partilhada por outros usuários da Internet, um dos quais confirma que é "parte do Space Shuttle Challenger que explodiu há quase trinta anos". Segundo ele, o objeto "parece um bico de foguete".

Uma opinião apoiada por uma perícia (quase) digna dos maiores especialistas em astronáutica ... "Observe os diferentes materiais isolantes, pegue uma amostra e tente queimá-la para ver se derrete". Metodologia incomparável, se houver uma!

Mas essa teoria está longe de ser unânime entre os usuários da Internet. Alguns apresentam argumentos que prejudicam a hipótese de origem aeroespacial dos detritos. "[Se fosse parte do ônibus espacial Challenger], estaria coberta de plantas e animais marinhos." O que não é o caso. "[O objeto] certamente entrou no oceano recentemente". Um argumento de peso.

Leia também
Em 1961 essa menina foi encontrada à deriva no meio do mar. Agora, ela revela a verdade

As forças armadas americanas envolvidas no caso?

Outros usuários de redes sociais tendem mais para uma origem militar, tendo o Atlântico sido escolhido pelos militares dos EUA para construir muitos depósitos de munições submersas. Uma explicação que também cheira à conspiração... Outra explicação um pouco mais racional, poderia ser a bóia de amarração de um barco. Mas qual deles? Restará ainda determinar se a teoria for mantida pela investigação em andamento.

Ainda assim, esta descoberta tem pelo menos o mérito de estimular a imaginação!

De Freitas Agostinho
Leia mais
Sem Internet
Verifique suas configurações