Crossfit: as verdadeiras vantagens e desvantagens

Crossfit: as verdadeiras vantagens e desvantagens

Entre muita propaganda e popularização, o Crossfit se estabelece como uma ótima forma de praticar exercícios físicos. No entanto, pode não ser a melhor opção para quem deseja ter resultados musculares muito rápidos.

Com o passar dos anos, o Crossfit se popularizou e se tornou a verdadeira moda entre os homens e mulheres que desejam praticar atividades físicas e ter um corpo bem estruturado e definido.

No entanto, o que ainda não está claro são as vantagens e desvantagens entre essa modalidade esportiva e a nossa velha e querida musculação em academia.

Vantagens do Crossfit

1 - A funcionalidade

O Crossfit é uma ótima opção para quem está cansado de fazer os mesmos exercícios de musculação e não vê sentido em fazer movimentos tão repetitivos. Embora seja possível (e aconselhável) variar os exercícios de tempos em tempos nas sessões de musculação, não há uma grande diferença entre um exercício e outro, mas sim pequenos ajustes.

2 - A prática coletiva

É interessante ressaltar também que os treinos de Crossfit são geralmente feitos em coletivo, o que proporciona outro fator motivador para o esporte, tornando-o ainda mais atraente para casais ou amigos que desejam treinar juntos.

3 - A dinâmica

Por ter sua origem na mistura da ginástica olímpica com o atletismo, o Crossfit disponibiliza uma fusão entre o treino de alta intensidade, flexibilidade, agilidade e resistência muscular. Com a mobilidade que proporciona e a noção de tempo que é aplicada durante os exercícios, oferece ao seu praticante muita dinâmica e se torna, naturalmente, menos enjoativo.

4 - O alto gasto calórico

Leia também
As terríveis consequências de quem injeta Synthol para ter braços musculosos

Além disso, ao mesmo tempo que ele traz ganhos para os seus músculos, a prática permite significativas perdas calóricas. Logo, a prática de Crossfit constitui uma excelente forma de melhorar o seu condicionamento físico.

Desvantagens do Crossfit

1 - Adaptação e risco

Os exercícios do Crossfit são concebidos a fim de compor uma grande variedade de movimentos e de intensidade - o que exige adaptações físicas dos praticantes. No entanto, as curtas sessões de treino de alta intensidade podem causar lesões e cansaço excessivo, tornando a prática desses exercícios perigosa e lesiva à sua saúde se não respeitados os limites do próprio corpo.

2 - Exercício e não treino

Um treino que mistura exercícios com halteres e outro de corrida normalmente não é específico a nenhum grupo muscular. Assim, se a integralidade da prática de Crossfit permite trabalhar o corpo como um todo, o resultado que você quer ver em seus músculos deve chegar com mais demora se comparado à musculação. Logo, a prática traz mais resultados significativos a longo prazo.

Flávio Soares
Leia mais
Sem Internet
Verifique suas configurações