Acusada de beber vinho aos 8 meses de gravidez, a namorada de Ronaldo foi arrasada nas redes sociais

Acusada de beber vinho aos 8 meses de gravidez, a namorada de Ronaldo foi arrasada nas redes sociais

A namorada de Cristiano Ronaldo jantou, no dia 16 de setembro, num dos camarotes do estádio Alvalade XXI, em Lisboa. Uma onda de críticas e indignação inundou as redes sociais, pois os internautas, diante das imagens da espanhola com um copo na mão, acusaram-na de beber álcool na gravidez.

As imagens transmitidas em direto pela televisão do jogo entre o Sporting frente ao Tondela acabaram por suscitar grande polémica a nível mundial, pois Georgina Rodriguez, que acompanhou Cristiano Ronaldo numa ida ao estádio Alvalade XXI, foi vista com um copo de pé alto na mão que continha um líquido da mesma cor do vinho tinto.Não há qualquer confirmação de que se tratava efetivamente de uma bebida alcoolica, mas a verdade é que os internautas não demoraram a criticar a namorada do melhor jogador do mundo. A indignação que se levantou é grande, pois há quem não aceite que uma mulher grávida de oito meses, como é o caso de Gio, possa consumir álcool.Perante esta avalanche de críticas há até quem levante algumas teorias um tanto improváveis, como o de Georgina não estar sequer grávida e se tratar de uma barriga falsa. Outros indignam-se também contra Cristiano Ronaldo por não ter impedido a namorada de beber.A quem se atreveu a defender a espanhola, dizendo que poderia não ser vinho, os críticos mais acérrimos responderam com uma imagem em que se vê atrás de Georgina copos de vinho bem alinhados... iguais ao que ela tinha na mão.Vinho na gravidez. Pode?Carla Alberici Pastore, nutricionista da Universidade Federal de Pelotas (RS), orienta as futuras mamães a não consumir álcool durante a gestação. “Estudos mostram que mesmo pequenas doses ocasionais de álcool trazem impactos negativos para o bebê. Quanto maior a dose de álcool e maior a frequência de consumo, piores essas consequências”, alerta. José Alves de Lara, médico nutrólogo e vice-presidente da Associação Brasileira de Nutrologia (Abran), destaca que, independentemente de estar grávida, pelo seu menor peso e por um determinante metabólico, as mulheres devem ter sempre mais cuidado com o álcool. A filha do casalEm novembro de 2017, nasceu a saudável Alana Martina, a quarta filha do craque. Os outros três, Cristiano Júnior (sete anos) e os gêmeos Eva e Mateo (de nove meses), nasceram de barriga de aluguel. Como comprova suas redes sociais, Georgina se dá muito bem com Cristianinho e se ocupa do cuidado do quarteto. “Sempre fui muito madura e ter quatro filhos não é um peso, para nada. Pelo contrário, me recarrega, é uma dose de mimo, beijos, amor.. Lido muito bem e já nem imagino minha vida sem meus filhos”, conta. 
De Freitas Agostinho
Leia mais
Sem Internet
Verifique suas configurações