Creatinina: definição, papel, como analisar os resultados?
Creatinina: definição, papel, como analisar os resultados?

Creatinina: definição, papel, como analisar os resultados?

A creatinina é o resíduo metabólico da degradação da creatina. Sua dosagem é um dos principais marcadores da função renal. A medição pode ser feita a partir de uma amostra de sangue ou um teste de urina.

O que é creatinina?

A creatina é um aminoácido não essencial encontrado principalmente no músculo esquelético e é sintetizado nos rins, fígado e pâncreas. Seu uso pelos músculos para produzir energia resulta de resíduos metabólicos cuja a creatinina faz parte.

Normalmente, é transportado do sangue para os rins, onde será filtrado antes de ser naturalmente eliminado na urina. Essa é a razão pela qual a creatinina é geralmente objeto de um exame de sangue (creatinemia) associado a um exame urinário (creatininúria) para obter uma avaliação mais completa da função renal do paciente.

A dosagem da creatinina

O nível de creatinina no sangue é obtido pela análise de uma amostra de sangue colhida durante uma punção venosa na dobra do cotovelo. Como a concentração de creatinina está fortemente correlacionada com a atividade muscular, o paciente não deverá realizar esforços físicos intensos 48 horas antes do exame. Ele também deve limitar seu consumo de carne vermelha e não utilizar nenhuma substância diurética.

A creatinúria requer uma coleta de urina em 24 horas. Vale ressaltar que a taxa de creatinina varia de acordo com diferentes critérios: idade, sexo, massa muscular... Os resultados são considerados normais se respeitarem os seguintes valores indicativos:

- creatinemia entre 6 e 12 mg / l nos homens e entre 4 e 10 mg / l nas mulheres,

- creatininúria entre 107 e 139 ml / min em homens com menos de 40 anos de idade e entre 87 e 107 ml / min em mulheres com menos de 40 anos de idade.

Níveis de creatinina muito altos: o que isso significa?

Muitas condições e patologias podem variar o nível de creatinina no sangue para cima. Os principais incluem isquemia, infecção, doença renal crônica, insuficiência cardíaca, pedras nos rins, desidratação, trauma muscular...Por outro lado, um nível elevado de creatinina urinária pode ser o marcador biológico de envenenamento por monóxido de carbono ou insuficiência da tireoide.

Nível baixo de creatinina: o que isso significa?

Em geral, a creatinemia elevada está associada a baixos níveis de Creatininúria. De fato, as causas de um baixo clearance urinário são idênticas àquelas de um alto nível de creatinina no sangue. Mas também se pode observar uma diminuição da creatinina no sangue em caso de lesão hepática ou distrofia muscular. A gravidez também pode influenciar a queda da dosagem de creatinina.

Escrito por Danielle Pereira

Sem Internet
Verifique suas configurações