Saiba o que beber de manhã para a Copa não atrapalhar seu dia de trabalho

Saiba o que beber de manhã para a Copa não atrapalhar seu dia de trabalho

Entre Copa do Mundo, muita torcida, dieta e festas alongadas, saiba como equilibrar diversão e trabalho.

Seja durante a Copa do Mundo na Rússia ou em um dia em que há uma reunião especial pela manhã, surge a dúvida: tudo bem beber e depois ir trabalhar? A resposta é sim, tudo bem! Mas é importante seguir algumas indicações para conseguir aproveitar ao máximo sem comprometer o rendimento no trabalho.

Nossa equipe entrou em contato com mixologistas e eles têm algumas dicas sobre o que beber. Antes de escolher a receita, vale mais saber que a moderação vem em primeiro lugar. Sem moderação e com trabalho depois, é impossível, ou pelo menos, irresponsável, beber pela manhã.Um dos responsáveis pelos melhores drinks de São Paulo faz a sua sugestão e não hesita nem um pouco quando se trata de um café da manhã festivo ou especial: “Eu iria de Blood Mary, porque é um coquetel à base de suco de tomate, molho inglês, pimenta e vodca, que a pessoa pode dosar do jeito que quiser”, explica. “Não é um drinque forte. Aliás, as pessoas costumam chamá-lo de drinque da ressaca”. 

Devido aos ingredientes, o Blood Mary torna-se uma bebida revigorante, ideal para começar o dia com um “aquecimento” alcoólico e, em seguida, correr para o trabalho. Ele ainda complementa a sugestão: “O drink dá uma forrada no estômago e ainda pode ser servido com legumes ou vegetais, como salsão e cenoura”, completou.

Além do Bloody Mary, outra boa ideia é o gin tônica. Muita gente pensa que, por levar gin na composição, a bebida é forte. Na verdade não é. Com uma boa dosagem de gin (50 ml) e tônica (175 ml) além de um pouco de limão siciliano, o gin tônica é uma bebida leve e refrescante. Aliás, é o drinque mais leve em se tratando de calorias. É recomendado para aqueles que estão querendo emagrecer e não querem deixar de aproveitar um drinque. O diferencial da bebida é que a maioria dos coquetéis levam um destilado e um licor e o gin tônica tem como receita apenas gin, limão e tônica.

Em relação ao Bloody Mary, o gin tônica sai na frente porque é mais fácil de fazer. Muitas pessoas vão assistir os jogos da Copa em suas casas, com os amigos, e não querem perder muito tempo na cozinha. A melhor opção, de fato, é o gin.Outro barman sugere o Bloody Mary, principalmente por ser um drinque que serve bem como café da manhã. “O suco de tomate tem consistência e ajuda a encher a barriga do cara enquanto ele bebe”, explicou.

Caso prefira algo para acordar e ainda homenagear o país-sede da Copa, peça um expresso Martini, que leva vodca e café na composição. Ou quem sabe um café Irlandês, feito de café e uísque.Além das duas receitas já mencionadas, há também os drinks que tem como base o espumante, por exemplo, o “mimosa”, com suco de laranja, ou o “bellini”, que leva essência ou purê de pêssego. “Por serem bebidas leves, mas terem consistência, muitos gostam de tomá-las pela manhã”. 

No Brasil, há certa resistência quanto à ideia de beber bebidas alcóolicas pela manhã, mas em outros países é comum encontrar as bebidas citadas em cardápios de hotéis.Agora, se você não quer deixar de lado sua cultura brasileira de jeito nenhum, vá de cerveja mesmo, mas opte por aquelas artesanais que tenham mais trigo na composição.

• Pedro Souza
Leia mais