Quem é a personalidade mais polêmica das Copas?

Quem é a personalidade mais polêmica das Copas?

A Copa do Mundo é um evento de proporções internacionais que atrai a presença de diversas celebridades, algumas delas bem polêmicas. Mas nenhuma chega aos pés da lenda argentina: o craque Diego Maradona.

Desde 1986, quando levantou a taça da Copa do Mundo, Diego Maradona não passa um evento sequer sem se envolver em confusões. Na Rússia, o antigo craque não deixou passar a oportunidade. Ele tem sido performático nos camarotes e já gerou vários memes na Internet. 

Apenas nas eliminatórias desta edição de 2018 da Copa, o antigo camisa 10 da Argentina já tem histórias suficientes para todo o evento. Para começar, ele fumou charutos dentro de um camarote no estádio de Spartak.  Bem como no Brasil, fumar é proibido dentro de ambientes públicos e cobertos. Criticou o futebol da Argentina após uma partida afirmando que “se não teve discussão depois do jogo, é porque o time não tem culhões”.Contra a Nigéria, Maradona também esteve presente, implacável, e ainda mais explosivo e expressivo. Um segurança chegou a ter que segurar a lenda pela cintura enquanto ele, emocionado e um pouco zonzo e bêbado, agradecia ao time argentino após a vitória histórica.

Ainda durante a partida, Maradona dançou com uma nigeriana, xingou a torcida adversária  fazendo gestos obscenos e conseguiu, como se não bastasse, dormir diante das câmeras. Não faltaram vídeos registrando as reações da estrela. A emoção foi tanta que ele teve que ser atendido na enfermaria do estádio de São Petersburgo após o jogo.

Em 2014, ele criticou o Brasil e fez declarações polêmicas ao censurar o presidente da FIFA, Joseph Blatter. O grande jogador levou seu time à final da Copa do mundo daquele ano. Antes do Mundial do Brasil, ele confessou ser parte envolvida no escândalo da água batizada com calmantes tomada por alguns brasileiros nas oitavas de final da Copa de 1994.  Mais que isso, ele chegou a acusar o presidente da Asociación del Fútbol Argentino [Associação de Futebol Argentino], Julio Grondona, de ter coagido jogadores para combinar resultados durante a competição.

Leia também
Por que Cristiano Ronaldo não tem tatuagens como todo mundo?

Em 2010, na Copa anterior, na África do Sul, como técnico, usou uma camiseta em que havia a foto de  Michel Platini e Joseph Blatter com a frase "Dois ladrões". Ainda, trocou ofensas com Pelé e discutiu várias decisões da FIFA. Finalmente, acabou sendo demitido da seleção após a goleada de 4 a 0 da Alemanha nas quartas de final.

Indo um pouco mais longe em seu histórico, em 1994, no Mundial dos Estados Unidos, Diego Maradona foi pego no exame antidoping por uso de cocaína.

Diego Maradona segue mantendo o seu padrão como personalidade sem limites, imprevisível até quanto ao seu visual. Por vezes, ele carrega dois relógios, um em cada pulso. Já temos a celebridade mais controversa dos Mundiais!

Bruna Moura
Leia mais
Sem Internet
Verifique suas configurações