Os grandes jogadores da copa que você não imaginava serem naturalizados
Os grandes jogadores da copa que você não imaginava serem naturalizados
Leia mais

Os grandes jogadores da copa que você não imaginava serem naturalizados

Muitos dos jogadores que são fundamentais para as suas equipes não nasceram nos países que defendem em campo. Veja a lista e descubra quais são eles. Você vai se impressionar.

Há grandes estrelas da Copa do Mundo que não nasceram nas nações pelas quais jogam hoje. Alguns mudaram-se logo quando crianças e construíram toda sua vida em outro país. Outros naturalizaram-se justamente para ter mais oportunidade de jogo, em uma Seleção menos concorrida. Entre os craques, vemos jogadores como Diego Costa, Higuaín, Sterling e Rakitic. Conheça alguns detalhes sobre eles.

Diego Costa

O atacante, apesar de defender o time da Espanha, é nascido em Lagarto, em Sergipe, no Brasil. No entanto, logo quando começou sua carreira como futebolista, na equipe Barcelona Esportivo Capela (SP), foi indicado ao Sporting Clube de Braga e não saiu mais da Europa. No ano seguinte, entrou para equipe Atlético de Madrid, na qual ficou até 2014. Em seguida, teve uma passagem pelo Chelsea (2014-2017). Em 2013, chegou a ser convocado para a Seleção Brasileira e fez 2 participações. Desde 2014, Diego Costa está naturalizado espanhol e defende a Seleção campeã em 2010.

Higuaín

Atual jogador da Juventus (Itália), Gonzalo Gerardo Higuaín nasceu em Brest, na França. No entanto, é como se não tivesse nascido no velho continente. Higuaín foi criado e revelado em Buenos Aires, no bairro de Belgrado, na Argentina. Higuaín chegou até a ser convidado a jogar pela França, mas não hesitou em recusar o convite.

Mário Fernandes

Autor da primeira assistência da Copa do Mundo da Rússia, Mário Fernandes atua como zagueiro e lateral-direito pela seleção anfitriã. Mário nasceu e foi criado no Brasil, na cidade de São Caetano do Sul, em São Paulo. Jogou no Grêmio e no São Caetano antes de ser transferido para o CSKA Moscou, em 2012. Um fator importante para a busca por sua cidadania russa foi a possibilidade de jogar a Copa do Mundo de 2018. O jogador chegou a ser convidado para defender a Seleção Brasileira na época de Mano Menezes, mas acabou negando. “Estou feliz e orgulhoso de ser russo. Após me mudar para o CSKA em 2012, a Rússia tornou-se um verdadeiro lar para mim. Era um desejo natural obter a cidadania e poder jogar pela equipe nacional de futebol. Agora, vou fazer tudo o que depender de mim para ser útil para o clube e para o país.” - contou ao site oficial do CSKA.

Pepe

Képler de Lima Ferreira, mais conhecido como Pepe, nasceu em Maceió, no Brasil. No entanto, foi formado como jogador de futebol em Portugal, na equipe das categorias de base do Porto. Sempre circulando por equipes da terrinha e da Espanha, Pepe nunca jogou no Brasil, defendendo, desde o início, a equipe portuguesa.

Samuel Umtiti

Umtiti é hoje uma das peças fundamentais para o Barcelona e para a França. Junto com outros dois companheiros, Thomas Lemar e o goleiro Steve Mandanda, Umtiti faz parte dos jogadores naturalizados que nasceram em outro continente. O atleta nasceu em Camarões mas sempre defendeu as cores azul, branco e vermelho. Foi formado pelo Lyon e depois foi jogar pelo Barcelona.

Shaqiri

A Suíça é o país que conta com mais jogadores nascidos em outros países. Xherdan Shaqiri e seu colega Jacques-François Moubandje, por exemplo, nasceram em Kosovo.

Rakitic

Apesar de jogar pela Croácia, Rakitic é suíço. O meia do Barcelona nasceu e foi formado nos clubes da Suíça. No entanto, em 2007, foi convencido pelo treinador da Croácia a se naturalizar croata. A decisão causou um grande choque nos fãs suíços do jogador, que não esperavam perder o craque.

Sterling

Raheem Sterling é o craque do Manchester City (Inglaterra) e vai defender a Inglaterra na Copa. Mas, na verdade, nasceu na América Central, na Jamaica. Sterling sempre jogou em clubes ingleses e defende a Seleção Inglesa desde a base, no sub-16.

Escrito por De Freitas Agostinho
Última modificação

Sem Internet
Verifique suas configurações