Como as emoções de um jogo de futebol influenciam o nosso organismo?
Como as emoções de um jogo de futebol influenciam o nosso organismo?
Leia mais

Como as emoções de um jogo de futebol influenciam o nosso organismo?

Uma partida de futebol mexe mais com o nosso corpo do que podemos imaginar. Saiba quais são as consequências que você pode sofrer ao torcer pela seleção.

Haja coração, amigo! O famoso bordão do Galvão Bueno não é à toa. Enquanto assistimos a um jogo de futebol, o nosso organismo é exposto a um turbilhão de emoções que influencia diretamente a nossa saúde. Nervosismo, ansiedade e estresse misturam-se à euforia, entusiasmo e alívio (em alguns casos).

O fato é que, em tempos de Copa do Mundo, aumentam as estatísticas de doenças cardiovasculares, apontam estudos feitos no Brasil e na Alemanha. Um recente estudo alemão, publicado na revista científica The New England Journal of Medicine, revelou que a quantidade de emergências cardíacas de torcedores alemães durante as partidas da seleção na Copa do Mundo de 2006 cresceu, em média, 2,66 vezes.

Outra pesquisa semelhante, realizada pela Universidade de São Paulo (USP), em 2013, teve resultados parecidos e apontou que as ocorrências de infarto aumentavam de 4% a 8% entre brasileiros durante os jogos da Copa.

Em termos de quantidade, os homens foram mais afetados do que as mulheres, mas, em ambos os casos, houve mais episódios de infarto, angina e arritmia cardíaca. Em recente entrevista à BBC Brasil, o cardiologista Fernando Costa, diretor de Promoção da Saúde Cardiovascular da Sociedade Brasileira de Cardiologia (SBC), recomendou “Se estiver muito nervoso, levante, saia, tome um copo d'água". 

É claro que tudo isso pode acontecer em qualquer evento ou época do ano, mas, durante a Copa, especialmente em países como o Brasil, que gostam e levam muito à sério o futebol, as chances são maiores já que a população acaba mudando os seus hábitos por conta dos jogos – bebendo pela manhã ou tomando muito mais café para coseguir ficar acordado, por exemplo. Conheça algumas reações que podem afetar o seu organismo:

Coração

Em momentos de estresse e ansiedade, o sistema cardiovascular é o mais afetado. Naqueles jogos decisivos, o nosso corpo naturalmente mobiliza alguns hormônios que nos preparam para uma situação de perigo. Eles fazem com que o coração acelere, a boca fique seca, aumente a sudorese e a pressão arterial.As pessoas com diabetes podem ter picos de glicemia temporários nessas horas, pois a liberação da glicose no sangue acaba sendo maior para que possa dar mais energia ao nosso cérebro, de forma que ele fique mais atento. 

Também é normal que as pessoas percam a fome e a vontade de fazer xixi, pois, como forma de defesa, o organismo diminui o fluxo de sangue aos sistemas digestivo e urinário. Já ter dor de barriga é mais comum porque os movimentos intestinais podem ser acelerados nesses momentos por causa da adrenalina. 

Pressão arterial

O fluxo de sangue no organismo é afetado e, em alguns casos, os vasos sanguíneos ficam mais apertados – o que pode fazer com que as nossas mãos fiquem frias e, os muitos ansiosos, ficam até com a aparência pálida.Pessoas propensas às doenças cardíacas, em situações como estas, podem ter um bloqueio do fluxo de sangue nas artérias do coração e, consequentemente, sofrer um AVC ou uma arritmia cardíaca.Mas, segundo os especialistas, o mais corriqueiro é que estes picos de pressão rompam algumas das placas de gordura que nós temos nas artérias cardíacas do cérebro. Se isso acontecer, um vaso pode ser fechado e acarretar até uma a morte súbita. 

Preparação para torcer

A dica mais óbvia é a recomendação dos médicos: tente manter a calma, mesmo que isso pareça impossível. Escolha bem o lugar em que vai ver o jogo e evite aqueles em que as pessoas estão ainda mais nervosas do que você.  Em locais públicos, as pessoas ficam cada vez mais ansiosas e vão contaminando umas às outras. Em alguns casos, vale a pena até reduzir o volume do som da televisão ou do rádio. Os locutores, muitas vezes, aumentam o estresse das pessoas durante o jogo em vez de ajudarem a acalmar.  Mas, caso os sintomas ultrapassem a normalidade e você sinta dor no peito, náuseas, ânsias de vômito, dor de cabeça forte, fraqueza muscular ou paralisia, procure imediatamente o pronto-socorro mais próximo. Pode ser algo sério!

Escrito por De Freitas Agostinho
Última modificação

Sem Internet
Verifique suas configurações