Quando uma jiboia tem a péssima ideia de atacar a presa errada

Quando uma jiboia tem a péssima ideia de atacar a presa errada

A jiboia tem a reputação por ser uma grande predadora, mas às vezes acontece que um animal ainda mais poderoso chega ao seu encontro. É o que pode constatar um morador da região Oeste do Brasil.

Ondulante pelo chão, o animal estava visivelmente mal e não era à toa, seu corpo estava cheio de pontas afiadas. De acordo com a testemunha do momento, a cobra teria certamente tentado atacar uma presa com que ela não poderia ter mexido: um porco-espinho.

Leia também
Um tubarão-cobra raríssimo descoberto nas profundezas da costa de Portugal

A jiboia, que se alimenta normalmente de outros répteis, pássaros e pequenos mamíferos, mata suas presas por constrição as apertando com seu corpo poderoso. Mas a técnica não foi suficiente para dar conta do porco-espinho, que se agiu de forma a liberar seus espinhos. Não sabemos se a cobra sobreviveu a essa prova.

É preciso lembrar que a técnica defensiva do porco-espinho é muito eficaz. Seus espinhos não são apenas muito afiados como também duros, o que possibilita que eles entrassem profundamente na pela da primeira. Em novembro de 2015 no Canadá, três cachorros passaram pela dolorosa experiência de se depararem com o roedor pontiagudo.

• De Freitas Agostinho
Leia mais
Sem Internet
Verifique suas configurações