Conheça o efeito relâmpago de uma mordida de serpente no sangue humano

Conheça o efeito relâmpago de uma mordida de serpente no sangue humano

Um vídeo mostra que uma só gota de veneno da víbora de Russell transforma o sangue humano em uma espessa geleia. Tudo em menos de 30 segundos.

Vendo o resultado, a gente diria que é impossível. Uma gota de veneno misturada com sangue humano e ele se coagula a ponto de se transformar em uma espessa geleia, quase uma massa. O efeito é imediato: o sangue se torna compacto em menos de trinta segundos.

Leia também
Imagens de um enorme tubarão-tigre capturado na Austrália comovem a internet

Contudo, essa solidificação relâmpago é bem real. A serpente em questão não é uma qualquer: a víbora de Russell é a segunda cobra mais mortal do mundo, a primeira na Ásia. Ela faz parte do "big four" de cobras indianas, responsáveis pelo maior número de mortes no subcontinente.

Um veneno nos laboratórios para estudar os casos de trombose

Conhecido por sua eficácia em induzir a trombose, o veneno da víbora de Russell é utilizado em laboratórios de análises médicas. Diluído no sangue, ele pode fazer o sangue coagular em um tempo entre 23 e 27 segundos. Essa cobra também é conhecida por injetar muito grandes quantidades de veneno em suas mordidas.

De Freitas Agostinho
Leia mais
Sem Internet
Verifique suas configurações