Cobra píton-real é encontrada em motor de carro nos EUA e assusta moradores

Cobra píton-real é encontrada em motor de carro nos EUA e assusta moradores

Uma píton-real foi encontrada em motor de carro. Dono do animal foi multado.

Surpresa inesperada

Realmente, quando parece que já vimos de tudo no mundo alguma coisa nova aparece. Desta vez, um caso chocou a cidade de Omro, localizada no estado de Wisconsin, nos Estados Unidos: uma cobra píton-real de 1,20 metros foi encontrada no motor de um carro. O motorista Chris Nguygen estava tendo dificuldades em dar a partida em seu veículo, uma SUV, e decidiu abrir o capô para tentar solucionar o problema. Qual não foi sua surpresa ao encontrar o gigante réptil descansando tranquilamente entre o motor e a fiação elétrica.

Chri então acionou a polícia local. Depois de algumas tentativas, os policiais não conseguiram tirar o animal enroscado no motor. Eles então resolveram chamar um especialista em resgate de cobras para libertar o bicho. Mesmo com uma ajuda profissional, o resgate levou horas.

Com a repercussão do caso, um morador próximo ficou sabendo do ocorrido e manifestou-se, alegando que era dono da píton. Quando questionado, ele afirmou que a cobra estava desaparecida de sua casa há mais de um mês e achou que ela havia se perdido ou fugido. O dono da cobra também teve uma surpresa: ter este tipo de animal em cativeiro é ilegal e ele acabou sendo multado. O valor da multa foi de 313 dólares, cerca de 1300 reais. Devido ao caso tão peculiar, a polícia resolveu dar uma colher de chá ao dono da cobra: se ele pagasse ao motorista do carro pelos danos causados no veículo, a multa seria perdoada.

A píton-real

A píton-real (Phyton regius) é uma das maiores cobras do mundo. Uma píton-real adulta pode atingir facilmente os 9 metros de comprimento, sendo um pouco maior que a sucuri. Apesar disso, uma píton de 10 metros já foi encontrada viva, e levou o título de maior serpente já encontrada na história. Por serem carnívoras, elas não produzem veneno, e matam suas presas através da constrição, ou aperto. Elas envolvem todo seu comprimento na presa e apertam-na com tamanha força que praticamente a estraçalham e quebram seus ossos. Seu habitat natural são as margens dos rios, principalmente no sudeste asiático em países como Indonésia e Filipinas, mas de vez em quando podem aparecer em áreas urbanas.

Leia também
Imagens de um enorme tubarão-tigre capturado na Austrália comovem a internet

Devido ao seu metabolismo lento, assim como o de todas as serpentes, ela pode ficar sem comer por extensos períodos de tempo. Ela também é uma excelente nadadora e é capaz de engolir de uma só vez animais de médio porte, como jacarés, tartarugas, galinhas, porcos e até capivaras. Houve um caso de um adolescente morador da ilha de Sale-babu que foi engolido por inteiro por uma píton-real. Elas podem viver de 20 a 30 anos, mas uma píton-real que vivia em cativeiro chegou aos 47 anos, uma das serpentes mais velhas do mundo. 

De Freitas Agostinho
Leia mais
Sem Internet
Verifique suas configurações