Vórtice polar em Chicago causa tanto frio que a cidade tem "terremotos de gelo"
Vórtice polar em Chicago causa tanto frio que a cidade tem "terremotos de gelo"
Vórtice polar em Chicago causa tanto frio que a cidade tem "terremotos de gelo"
Leia mais

Vórtice polar em Chicago causa tanto frio que a cidade tem "terremotos de gelo"

O vórtice polar que atinge atualmente o leste dos Estados Unidos está sendo sentido até no solo do país. Recentemente, os habitantes de Chicago têm tido a experiência de tremores de gelo.

Dia 30 de janeiro, os habitantes de Chicago ficaram surpresos por uma série de barulhos fortes e difíceis de serem localizados. Apesar de as autoridades não terem ainda invalidado a teoria de terem sido disparos feitos ao longe, é mais provável que os habitantes tenham tido a experiência de um "terremoto de gelo": um fenômeno causado por movimentos do gelo.

Gelo instantâneo

Os terremotos de gelo, ou sismos de gelo, são fenômenos sísmicos causados pelo gelo rápido e pela expansão subsequente do lençol freático. Com a chegada do vórtice polar de cima dos Estados Unidos, provocando uma queda das temperaturas até -46ºC, é mais provável que essa água congelada provoque a ruptura de rochas e frature o solo.

"Nós achamos que quando há queda repentina de temperatura e os solos saturados se resfriam rapidamente, o gelo no solo pode se dilatar suficientemente para gerar um ruído sonoro", explica o geólogo Steven Battaglia. "Em vista das temperaturas em Chicago, é possível que toda a área dotada de solo saturado tenha visto uma expansão da água resultando em um som de ruptura na superfície."

Cada vez mais sismos de gelo

Chicago não seria a única cidade a ter passado por esse fenômeno recentemente. Outros sismos também foram relatados na Pensilvânia e nos arredores de Indianápolis. As grandes nevascas que antecederam o fenômeno teriam feito com que o solo se saturasse de água. Durante a noite, as temperaturas caíram bastante e muito rapidamente para possibilitar que o gelo instantâneo dessa água subterrânea.

Esses fenômenos podem bem se tornarem cada vez mais frequentes no futuro. "Com o aumento das temperaturas causado pela mudança climática, é possível que um maior número de sismos de gelo venha a acontecer no futuro", comenta Battaglia.

Escrito por De Freitas Agostinho

Sem Internet
Verifique suas configurações