Cistoscopia: definição, como é feito e há riscos?

Cistoscopia: definição, como é feito e há riscos?

A cistoscopia é um exame médico que permite a exploração da mucosa da bexiga e, às vezes, da uretra, para detectar qualquer anormalidade ou para realizar uma biópsia.

O que é uma cistoscopia?

Conduzido por um urologista, esse exame exploratório permite visualizar a bexiga graças à introdução natural de um tubo rígido equipado com uma câmera óptica. Na linguagem médica, falamos antes do cistoscópio.

A cistoscopia é geralmente recomendada em casos de infecções urinárias repetitivas, hematúria (presença de sangue na urina) ou história de câncer de bexiga. A exploração (cistoscópio de observação) pode revelar diferentes tipos de anomalias, como pólipos, um tumor, uma malformação, uma infecção...

Quando o exame é realizado com o objetivo de fazer um diagnóstico (cistoscopia diagnóstica), é possível ao médico coletar amostras (biópsia) de certos tecidos para analisá-los por um laboratório de anatomopatologia. De fato, a cistoscopia é um dos exames de referência na detecção do câncer de bexiga.

Como funciona uma cistoscopia?

Como regra geral, a cistoscopia de observação requer apenas anestesia local, o que nem sempre é o caso da cistoscopia diagnóstica que requer uma biópsia. Mas qualquer que seja o seu tipo, a cistoscopia é sempre realizada em ambiente hospitalar por um médico especializado em urologia. O paciente deve estar com o estômago vazio.

Após uma desinfecção completa das genitais, o médico introduz o cistoscópio através do meato urinário. Na ausência de anestesia geral, o gel anestésico (anestesia uretral) é aplicado ao dispositivo. A exploração do trato urinário (uretroscopia) e da bexiga começa. Para visualizar adequadamente a bexiga, as membranas mucosas são desdobradas pelo preenchimento.

Se necessário, o médico tira algumas amostras usando uma pinça de biópsia. O exame dura cerca de trinta minutos no final do qual o paciente se alimenta normalmente. Após uma pequena fase de observação, ele pode ir para casa.

Leia também
Descubra o efeito surpreendente do leite com Coca-Cola

Cistoscopia: quais são os riscos e contraindicações?

Embora a cistoscopia seja um exame médico não complexo e bem controlado, apresenta alguns riscos menores:- hematoma- irritação das mucosas- sangramento leve- pós -citologia da infecção urinária.

A punção da bexiga é a complicação mais séria, mas é extremamente rara. Além disso, existem algumas contraindicações que exigem, na melhor das hipóteses, o adiamento do exame: excesso de sangue na urina prejudicando a visibilidade, excesso de risco infeccioso. Note que a cistoscopia pode ser realizada em crianças, mas requer, nesse caso, uma anestesia geral.

Danielle Pereira
Sem Internet
Verifique suas configurações