Jovem de 23 anos preocupa o Facebook, Instagram e outras gigantes de tecnologia

Jovem de 23 anos preocupa o Facebook, Instagram e outras gigantes de tecnologia

Uma jovem que divulga detalhes secretos dos aplicativos em seu blog está deixando as gigantes de tecnologia com medo.

Uma jovem poderosa

Jane Manchun Wong é uma jovem moça de 23 anos que começou a deixar o Facebook, o Instagram, entre outras grandes empresas de tecnologias bastante preocupadas. Ela é uma blogueira de tecnologia, formada em engenharia de tecnologia em Hong Kong, e utiliza uma técnica chamada engenharia reversa, que serve para revelar como um aplicativo funciona através da análise de seus componentes e comandos; seria mais ou menos um processo de "dissecação" de um programa. Desta forma, ela consegue desvendar como serão as novas funções de aplicativos, principalmente de redes sociais. Para se ter uma ideia, ela foi a primeira pessoa a revelar em seu blog a nova função de encontros pelo Facebook (mais ou menos como funciona o Tinder atualmente); ela também divulgou em seu site que o Instagram terá filtros de realidade aumentada em suas fotos. Um outro feito da jovem Jane foi descobrir em primeira mão que o Airbnb está testando a nova função de avisar pelo aplicativo quando o avião aterriza e que os passageiros estão seguros.

Hacker?

Hoje em dia, ela compartilha suas descobertas através de seu perfil no Twitter, e garante que não recebe nenhum tipo de dinheiro ou gratificações pelas suas revelações. Tudo isso não passa de um passatempo para Wong; no entanto, ela afirma que já recebeu porpostas de emprego para trabalhar nas gigantes de tecnologia que estava "investigando" devido à sua altíssima habilidade em programação e engenharia. Ela também se tornou referência por empresas jornalísticas, que ficam de olho nas informações que ela divulga para assim conseguirem um "furo" de reportagem.

Suas descobertas antecipadas e divulgação em seu blog começaram a afetar até mesmo a bolsa de valores. Depois que a jovem descobriu o Facebook Dating (a nova função de encontros lançada pelo Facebook), as ações do grupo Match, donos do aplicativo Tinder, diminuíram em 20%. Por isso, segundo Wong, devido à seus feitos, as empresas de tecnologias estão cada vez mais investindo e reforçando a segurança de seus aplicativos. "Desde que comecei a me interessar e as empresas passaram a monitorar meus tuítes, mais empresas têm melhorado a segurança dos seus aplicativos", contou Wong em entrevista ao portal de notícias da BBC. E continuou: "Esse é um dos motivos pelos quais faço isso. As companhias vão melhorar a segurança dos aplicativos para ficar mais difícil de entrar (neles)".

Ás da tecnologia

A jovem trabalha atualmente como autônoma, e é contratada por empresas de tecnologia para localizar falhas na segurança de seus aplicativos e, dessa forma, impedir que hackers mal intencionados invadam os sistema. Ela diz que é apaixonada por programação e tecnologia, e que passa cerca de 18 horas de seu fim de semana quebrando e decifrando códigos de aplicativos. Ela intercala o seu passatempo com os estudos: hoje, ela cursa Ciência da Computação nos Estados Unidos. Além disso, ela conta que não tem dificuldade em quebrar os códigos, e que faz isso rapidamente: "Quando encontro um padrão, só demoro cinco minutos para quebrar o código. Mas muitas vezes, no processo, eu aprendo algo novo", afirmou ela durante a entrevista.

Leia também
Um fotógrafo destaca um triste fenômeno da sociedade

Fonte/Imagem: BBC Brasil 

Andressa Zabeu
Leia mais
Sem Internet
Verifique suas configurações