Cavalo instala o caos ao invadir bar de apostas

Cavalo instala o caos ao invadir bar de apostas

Esta semana um jovem cavalo de corrida escapou do seu treinador e entrou no bar de apostas desportivas mais próximo.

E dizer que ele causou o caos chega a ser um eufemismo. O animal, treinado perto do mundialmente famoso Château de Chantilly, fez os clientes correrem em busca de segurança enquanto este entrava desenfreado pelo bar localizado em França.

O incidente, que foi capturado na CCTV, mostra pessoas fugindo do local enquanto o cavalo passava. De acordo com o jornal Ouest-France, o treinador Jean-Marie Beguignem disse que perdeu o controle do cavalo enquanto este o levava de um estábulo para o hipódromo, localizado a cerca de 48 quilômetros a norte de Paris.

O dono do bar, Stephane Jasmin, disse que o cavalo corria de uma ponta à outra do bar antes de se virar e voltar a andar ainda batendo nas pernas e batendo nas mesas e cadeiras. Ela acrescentou: “Houve bastante pânico. Ainda não consigo acreditar que aconteceu. 

O treinador do cavalo, Jean-Marie Beguigne, disse que o cavalo tinha deixado seu cavaleiro nos estábulos da pista de corrida de Chantilly, a menos de um quilômetro e meio de distância, e fugiu.

Beguigne disse ainda que o cavalo tem uma tendência natural para tentar escapar, mas disse que é "excepcional" que tenha chegado até o bar.

“Entre a pista e os estábulos, o cavaleiro caiu. O acabou indo para a estrada e atravessando uma rotunda antes de entrar neste bar. Tudo é excepcional”, disse ele ao jornal Ouest France. 

Stephane Jasmin, dono do bar Chantilly PMU, compartilhou o vídeo da inusitada visita do cavalo no YouTube e disse: “Ela abriu a porta e correu direto para o canto de apostas.

“a seguir o cavalo deu a volta quebrando mesas e cadeiras no caminho. Nós nunca tínhamos visto nada assim.”

As boas noticias apesar do insólito foram não terem sido registados feridos nem o cavalo ter mostrado sinais de ansiedade ou trauma.

Afinal resta saber se o animal estava apenas com sede ou se tinha um palpite vencedor!   

• Pedro Souza
Leia mais