Este homem reconhece sua mulher na televisão e descobre sua vida dupla

Este homem reconhece sua mulher na televisão e descobre sua vida dupla

Foi assistindo ao jornal nacional russo que Igor Alexeev descobriu que a sua mulher levava uma vida dupla. E a atividade secreta de Maria, sua mulher, era inesperada, o que decepcionou Igor. 

Igor Alexeev, natural da República do Bascortostão, na Rússia, estava em casa vendo um problema de notícias, que estaria mostrando uma ação policial em um bordel. O que ele não esperava ver ali era sua querida esposa, Maria. Ela foi levada algemada por autoridades, e estava vestindo apenas uma lingerie.O homem não teve tempo para lágrimas, escândalos e depressão. Sem pensar duas vezes ele procurou o nome da mulher na internet e descobriu vários serviços prestados por Maria. Uma noite completa na companhia da russa custava pouco mais de 200 euros. O casal estava junto há 8 anos e tinham uma filha de seis anos.Tomado por sua raiva, o russo tomou medidas. Imediatamente pediu divórcio e ficou com a custódia da filha. Mas não foi apenas isso, o homem quer impedir a todo custo que a ex-mulher veja a menina, alegando que a criança "deve poder crescer sem a vergonha e embaraço de todos saberem que é filha de uma prostituta".No tribunal, Maria afirma que o ex-marido não tem o direito de criticá-la uma vez que não ganhava dinheiro suficiente para sustentar a família e ela teve que tomar decisões cabíveis.Maria contra-argumenta que quando se casou era uma menina e o grande amor deste homem. Mas que ele sempre o prometeu uma “montanha de ouro”, porém este dia nunca chegou. Com isso, ela já havia o ameaçado anteriormente com um divórcio pela sua falta de palavra para cumprir o prometido. Segundo Maria, ela nunca teve o nível econômico que queria.Com sua prisão televisionada para todo o país, Maria leva agora toda uma carga pesada de seu passado como prostituta e agora também há outra: as acusações criminais após esse ataque no bordel. Até o momento, ela permanece presa e vai responder processo por uma série de crimes.
Pedro Souza
Leia mais
Sem Internet
Verifique suas configurações