Bloco de Carnaval carioca pretende reunir opositores de Bolsonaro

Bloco de Carnaval carioca pretende reunir opositores de Bolsonaro

As eleições já passaram, mas a zoeira não tem fim. O Bloco Eu Avisei desfila na praia da Barra da Tijuca na terça-feira de Carnaval.

Sabemos que as eleições do ano passado dividiram os brasileiros em, basicamente, dois grupos: aqueles que amam e aqueles que odeiam o novo presidente, Jair Bolsonaro. E como o Carnaval é a maior manifestação popular deste país, o assunto não poderia ficar de fora.

Está fazendo sucesso na internet o recém-criado Bloco Eu Avisei, que pretende reunir opositores de Bolsonaro na terça-feira de Carnaval, dia 5 de março. Os eleitores que não votaram no atual presidente (ou os que já se arrependeram nesses primeiros meses de governo) estão convidados para a folia. Os organizadores prometem coreografia “Bolsominion”, fantasias verdes e amarelas e uma bateria tão animada quanto debochada. O desfile será na praia da Barra da Tijuca, a partir das 14h. Segundo a descrição do evento no Facebook, em que mais de 100 mil pessoas confirmaram presença ou demonstraram interesse em participar, é uma ótima oportunidade para conquistar novas amizades “se você não tiver mais amigos porque perdeu todos por causa de política, este será o momento de criar novos laços, sejam eles comunistas ou carnavalescos”.  

Quem não quiser esperar até lá, poderá aproveitar os ensaios do bloco que serão realizados todas as sextas-feiras até o Carnaval, na Lapa. Abadás com sugestivas laranjas desenhadas e o nome do Bloco Eu Avisei já estão à venda na internet por 40 reais.

(Fonte: Meia hora) 

• Pedro Souza
Leia mais