Ar-condicionado pessoal é inventado e promete acabar com os dias de calor

Ar-condicionado pessoal é inventado e promete acabar com os dias de calor

O novo produto foi criado por três universitários americanos e pode ser a salvação para quem trabalha na rua ou não gosta de ar-condicionado.

Os dias de calor estão de matar em todo o Brasil. O verão de 2019 tem batido recordes de temperaturas e está quase impossível ficar longe do ar-condicionado ou do ventilador. Mas, este sofrimento promete acabar em breve: inventaram um ar-condicionado pessoal. 

O novo produto foi lançado durante a CES 2019, uma das principais feiras de tecnologia do mundo, realizada em Las Vegas. Seu nome é Embr Wave e o formato é bem parecido com o de uma pulseira ou um relógio - sua bateria suporta de 25 a 50 usos sem precisar ser recarregada.  O objeto influencia no funcionamento do sistema nervoso e altera as sensações que você tem em sua pele, mais especificamente as sensações térmicas.

Leia também
Intimacy 2.0: o vestido high-tech que fica transparente em caso de excitação física

Segundo testes feitos por universidades americanas, este ar-condicionado pessoal tem a capacidade de diminuir a sensação térmica em até 3 graus Celsius. O aparelho também tem a capacidade de aumentar a temperatura, ou seja, o usuário consegue controlar as ondas frias (ou quentes) por meio de um aplicativo para se sentir confortável em qualquer ambiente. 

Por enquanto, o produto – que foi inventado por três estudantes universitários americanos – está à venda apenas nos Estados Unidos e no Canadá. Custa cerca de U9 (cerca de R.100). 

(Fonte: Tricurioso /Imagem: Embrlabs)

• De Freitas Agostinho
Leia mais
Sem Internet
Verifique suas configurações