Um bug no sistema de aeroporto em Londres obriga funcionários a trabalharem à moda antiga

Um bug no sistema de aeroporto em Londres obriga funcionários a trabalharem à moda antiga

Um dos aeroportos mais movimentados da Europa sofre um bug no sistema de informação fazendo os funcionários trabalharem à moda antiga.

O aeroporto de Gatwick, o segundo mais movimentado da Inglaterra, teve que utilizar meios não convencionais para passar informações depois de um “bug” no sistema.

Como professores do colegial, nessa segunda-feira o aeroporto de Gatwick utilizou quadros brancos para manter os passageiros informados depois de um problema de tecnologia da informação. A pane fez com que as telas espalhadas pelo aeroporto parassem de funcionar corretamente, gerando uma confusão sobre os portões de embarque e a posição atual dos voos.

De acordo com o site Quartz, que se encarrega de prover informações a respeito desse assunto, cerca de 15 pessoas perderam seus voos por causa do problema técnico.“Esse pequeno quadro branco foi o que sobrou para informar os passageiros no Aeroporto de Gatwick agora, todas as telas estão off-line. Caos generalizado. Essa é a assinatura de uma bela viagenzinha que termina, lembrando muito bem o quanto é ruim a infraestrutura da Inglaterra”, disse um usuário no Twitter.

Pela mesma rede social, o aeroporto, que se desculpou e apresentou explicações para os passageiros, justificou que acabou sendo obrigado a mostrar manualmente as informações de voo por causa de danos num cabo de fibra ótica. “Devido a um atual problema com um cabo Vodafone, provedor de TI do aeroporto, nossas informações sobre os voos não estão aparecendo corretamente. Por favor, utilize os quadros temporários de voo nas zonas de embarque ou ouça pelas chamadas dos voos”, anunciou o aeroporto.

O aeroporto fica a 50 km ao Sul de Londres e é utilizado sobretudo para voos menores, para destinos dentro da Europa. Imagens mostram pessoas em pânico ou circulando sem direção dentro do aeroporto, muitas apertando-se para conseguir ver na pequena lousa branca as informações de seus voos. O problema, além de ter um potencial de causar tumulto em qualquer dia do ano, veio com o agravante de ter ocorrido durante um final de semana com feriado prolongado no verão, quando o público europeu mais viaja.

No ano passado, mais de 45 milhões de passageiros passaram por esse aeroporto, segundo a mesma fonte de informação. O aeroporto publicou diversos pedidos de desculpa “O aeroporto Gatwick gostaria de se desculpar para todos os passageiros que foram afetados e que estão esperando a Vodafone resolver o problema o mais cedo possível”.Esse aeroporto é o segundo mais movimentado e mais frequentado da ilha, apenas atrás do aeroporto de Heathrow.

O aeroporto de Gatwick é reconhecido por ser o aeroporto de pista única mais movimentado do mundo, embora tenha uma segunda pista de espera, também utilizada como pista reserva no caso da primeira não poder ser utilizada. O problema finalmente foi resolvido na parte da tarde, umas seis horas depois.

• Pedro Souza
Leia mais