Veja porque esse soldado é um dos únicos que pode ter barba

Veja porque esse soldado é um dos únicos que pode ter barba

Na intenção de levar mais em consideração às crenças de cada um dos soldados, o exército norte-americano aceitou que um deles pudesse manter sua grande barba.

Um soldado norte-americano que venera Thor, deus escandinavo do trovão, foi autorizado pelo exército a manter a sua barba. Desde 2017, ficou decidido que os soldados poderiam a partir daquele momento agir de acordo com as suas crenças durante o serviço. Então, tornou-se cada vez mais comum encontrar soldados norte-americanos com barba, turbante ou até com um hijab por razões religiosas.

"Por respeito à laicidade, você pode manter a barba respeitando às normas do exército sobre a higiene dos soldados", afirmou o Coronel Curtis Shroedero no Facebook sem mencionar o nome do soldado em questão. Declaração que foi diretamente confirmada por um porta-voz oficial do exército ao jornal Army Times.

A lei que impedia os soldados a usar barba datava da Primeira Guerra Mundial, época em que se considerava que a barba impedia o uso adequado de máscaras de gás. A nova medida não foi, todavia, unanimidade, uma vez que o Comandante Major John Troxell afirmou várias vezes que a barba era apenas uma distração, um "acessório".

• Bruna Moura
Leia mais