Uma baleia morre de fome devido à poluição

Uma baleia morre de fome devido à poluição

Nas Filipinas, uma baleia morreu de fome. No seu estomago, 40 kg de plástico a impediam de se alimentar. 

Um drama aconteceu na Filipinas nesta segunda dia 18 de março. Uma baleia foi encontrada morta depois de ficar encalhada em uma costa em Mabini, no centro do país. O animal foi encontrado morto  em condições sofríveis, vomitando sangue e incapaz de se alimentar. A causa: cerca de 40 kg de plástico em seu estômago. 

Fotos incríveis foram publicadas na conta do Twitter de um trabalhador local.

Morte sofrida

Especialistas do museu de história natural de Davao fizeram uma autópsia no animal. Em seu estômago, eles descobriram sacolas plásticas, embalagens de arroz e outros incontáveis dejetos plásticos que obstruíram os órgãos do cetáceo de 4 metros. 

Leia também
Imagens de um enorme tubarão-tigre capturado na Austrália comovem a internet

A baleia encalhou uma primeira vez na sexta 15 de março, mas as autoridades locais e os pesquisadores conseguiram devolvê-la ao mar. Apesar disso, a baleia voltou para a costa. "Ela estava incapaz de nadar sozinha. Ela estava definhando e fraca, o animal estava desidratado. No segundo dia, ela lutava e vomitava sangue", explicou a responsável do escritório regional de pesca. A pobre baleia já estava agonizando. 

O plástico mata

As Filipinas são acusadas pelos defensores do meio ambiente de ser um dos maiores poluidores dos mares. Neste país, o uso dos produtos plásticos  descartáveis e generalizado. Este tipo de poluição e igualmente presente no Sudeste Asiático. Isto causa a morte de baleias, tartarugas e outras espécies  selvagens desta região do mundo. A legislação sobre este tipo de lixo não parece estar sendo cumprida, especialmente nas Filipinas

De Freitas Agostinho
Leia mais
Sem Internet
Verifique suas configurações