Tiroteio durante torneio de videogame deixa dois mortos na Flórida

Tiroteio durante torneio de videogame deixa dois mortos na Flórida

Um participante do torneio de videogame sacou uma arma e matou 2 pessoas e deixou outras 11 feridas.

Tragédia

No último fim de semana, estava acontecendo um torneio do famoso jogo de videogame baseado na liga de futebol americano, o Madden NFL. O local escolhido para o campeonato foi a pizzaria de um grande shopping center localizado na cidade de Jacksonville, na Flórida. Segundo testemunhas, um dos participantes do torneio que havia perdido a competição apareceu com uma arma e abriu fogo contra os presentes.

O atirador foi identificado como sendo David Katz, um homem branco de 24 anos, que reside na cidade de Baltimore, no estado americano de Maryland. Os tiros atingiram diversas pessoas, matando duas na hora e deixando mais de 11 outras feridas. Depois de cometer o atentado, o atirador atirou em si mesmo, cometendo suicídio. O ataque aconteceu no período da tarde.

O xerife Mike Williams contou em uma coletiva de imprensa que não há mais suspeitos e foi só um atirador: "Não temos outros suspeitos pendentes neste momento. Só temos um suspeito neste caso. Ele morreu no local".

Um vídeo que circula pelas redes sociais foi captado no momento exato do ataque. Nele, é possível ver dois jogadores sorridentes e relaxados enquanto disputavam a partida, quando de repente começaram a ouvir os barulhos dos tiros e a conexão caiu. Durante o vídeo, é possível perceber um pequeno ponto de laser vermelho apontado diretamente para o peito de um dos jogadores. O site de streaming Twitch, que fazia uma transmissão ao vivo do torneio, retirou o vídeo do ar, mas ele ainda está sendo compartilhado nas redes sociais.

O jogador Young Drini, um dos integrantes da equipe CompLexity Gaming foi atingido de raspão por um dos tiros. Ele pronunciou-se no Twitter sobre o caso: "Nunca mais vou dar nada como certo. A vida pode ser interrompida em um segundo". Sua equipe também manifestou-se: "Obviamente estamos chocados e entristecidos com os eventos desta tarde. Nosso jogador, Drini, foi atingido no polegar, mas ele ficará bem. Ele conseguiu escapar e correr até uma academia de ginástica próxima". 

Outros jogadores também comentaram sobre o atentado, todos muito tristes e nervosos. O profissional de Madden chamado "oLarry2k" foi baleado no peito, mas conseguiu sobreviver. "Tenho sorte por estar vivo, me sinto enjoado e ainda estou tremendo. Não posso acreditar que uma bala atingiu a parede ao meu lado... Ver corpos no chão... É um pesadelo total", tuitou. Um outro jogador e usuário do Twitter, "@DubDotDUBBY", contou que por muito pouco não foi atingido na cabeça: "Uma bala passou raspando na minha cabeça. Me sinto bem, só tenho um arranhão na cabeça. Traumatizado e devastado".

Leia também
Atentados de Bruxelas: Mason Wells sobrevive aos atentados de Boston, de Paris e de Bruxelas

História de atentados

Este é mais um caso de atentados com armas nos Estados Unidos. O país sofre bastante com agressões extremas deste tipo, principalmente no estado da Flórida. Só esse ano, um atentado em Orlando deixou 49 mortos e outro deixou 17 mortos em uma escola de ensino médio na cidade de Parkland. Os casos levaram as autoridades a considerarem a necessidade de um controle maior na questão sobre a venda de armas no país norte-americano.

De Freitas Agostinho
Leia mais
Sem Internet
Verifique suas configurações