Pesquisa revela quais os animais mais gordos do mundo

Pesquisa revela quais os animais mais gordos do mundo

Ser gordo, no mundo animal, é bastante relativo, e a pesquisa traz resultados surpreendentes.

Ser gordo é relativo

Por incrível que pareça, "ser gordo" é uma questão bem relativa, pelo menos no mundo animal. Com certeza, muitos de nós já vimos alguém falar que tal pessoa não é gorda, ela tem apenas "ossos largos", ou alguma coisa parecida. Por incrível que pareça, a ciência diz que esse tipo de afirmação não está totalmente errada.

Nos animais, por exemplo, é muito difícil definir qual o animal mais gordo do mundo, até porque ser gordo não necessariamente tem a ver com o tamanho do bicho. Um exemplo que podemos observar é o da baleia azul, o maior animal vivo do planeta; apesar de ser o que tem a maior quantidade de gordura, é também o maior em tamanho. Um estudo concluiu que a baleia azul possui mais de 35% de percentagem em gordura corporal, e chegam até 180 toneladas. Porém, esses são dados absolutos - se calcularmos a proporção de gordura entre os animais, chegamos a resultados totalmente diferentes e até mesmo surpreendentes.

Não apenas um, mas vários animais "gordos"

Os mamíferos marinhos, de modo geral, ocupam os primeiros lugares de animais mais gordos do mundo, tudo isso devido à alta porcentagem de lipídios que carregam. É por este motivo também que as baleias, por exemplo, estão praticamente ou definitivamente extintas, já que a caça desses animais pela grande quantidade de óleo que produzem é feita de maneira indiscriminada. Esse óleo é usado para a fabricação do sabão até de combustível para lamparinas. A baleia-da-Groenlândia, nesse quesito, ocupa o primeiro lugar do ranking: para sobreviver às águas geladíssimas, possuem uma camada de gordura de 1 metro de espessura, para aguentarem o frio intenso. Elas possuem lipídios até mesmo em suas línguas e ossos, o que confere um percentual de gordura acima da média dos demais animais.

Outro animal que apresenta uma alta proporção de gordura corporal é o leão marinho, principalmente as fêmeas. Também por morarem em regiões de muito frio, possuem grossas camadas gordurosas para conferir a sua sobrevivência. Um dos animais que não imaginaríamos que possuem um alto percentual de gordura são os castores, que possuem grandes reservas de gorduras, principalmente em suas caldas: elas são feitas praticamente de pura gordura. Eles já foram ameaçados de extinção pelo mesmo motivos das baleias, mas reverteram esse quadro graças à políticas de repovoamento.

Apesar de parecerem bastante gordos, alguns animais não o são quando o assunto é percentual de gordura. Veja os hipopótamos por exemplo: com todo o seu tamanho e envergadura, a sua proporção de gordura no corpo é apenas de 18%; praticamente todo o seu peso é da grossa pele que os reveste, sendo que a camada de gordura não passa de 5 centímetros.

Leia também
Descubra o efeito surpreendente do leite com Coca-Cola

Contrário do que muitos acreditam, não são apenas os animais que precisam sobreviver ao frio que necessitam de grandes reservas de gordura. Um exemplo disso é o camelo, que vivem em situações totalmente contrárias nos desertos e no calor intenso. Muito acreditam que suas corcovas compreendem reservatórios de água, mas o que está contido nelas nada mais é do que pura gordura. É também um depósito de nutrientes, que faz com que sobrevivam ao calor; uma teoria válida é a de que a gordura os deixa numa espécie de isolamento térmico, permitindo-os aguentar as altas temperaturas. 

(Fonte: BBC /Imagem: Getty) 

De Freitas Agostinho
Leia mais
Sem Internet
Verifique suas configurações