O incrível encontro entre um gorila e um minúsculo primata

O incrível encontro entre um gorila e um minúsculo primata

Os responsáveis por um santuário para macacos de Mefou, no Camarões, tiveram a surpresa de assistir a um encontro extraordinário entre um de seus pensionistas, um gorila chamado Bobo, e um pequeno macaco noturno chamado Galago. Um minúsculo novo amigo do qual o gorila passou a tomar conta.

Não é porque se é um gorila de 1,5 m e 200 kg que não se poder cuidar dos outros habitantes da floresta. Foi o que puderam constatar os responsáveis pelo Santuário de Primatas de Mefou, no Camarões. Esse centro abriga mais de 300 primatas vítimas da caça ilegal e da destruição de seu habitat.

Bobo, um dos gorilas abrigados pelo parque, chegou ali quando tinha dois anos, sua mãe havia sido morta por caçadores ilegais. Vinte anos depois, o pequeno macho se tornou um gorila tão formidável quanto poderoso. Ele, inclusive, se tornou o chefe da trupe abrigada pelo santuário. Mas isso não o impediu de demonstrar sua grande doçura. Uma qualidade que ele recentemente confirmou ao acolher um pequeno galago, um pequeno primata noturno que tem um tamanho que varia entre 20 e 80 centímetros.

Ape Action Africa, a associação responsável pelo parque, descreveu em sua página no Facebook: "Nosso gorila Bobo fez um novo amigo, um bebê galago! Os cuidadores ficaram surpresos de encontrá-lo fazendo carinho no pequeno animal e ficaram impressionados pela delicadeza com a qual ele o manipulava".

Os dois brincaram juntos durante duas horas 

Leia também
Menino cai no fosso de um gorila. Veja a reação do animal

Durante cerca de duas horas, Bobo ficou com o pequeno galago em suas mãos, deixando-o passear ao redor de si e até mesmo subir em suas costas. E se o gorila permitiu aos seus congêneres olharem seu novo amigo, em nenhum momento ele os deixou tocá-lo.

"Os outros membros do grupo do Bobo estavam curiosos, principalmente sua fêmea favorita Avishag, mas ele os manteve à distância, garantindo que ninguém perturbaria seu novo amigo", escreveu o santuário. "Os galagos são animais noturnos, então é raro vê-los e ainda mais raro ter esse tipo de interação com um outro primata. O bebê estava feliz de brincar nos braços do Bobo, descendo para explorar as plantas e depois retornando para sua mão". 

Depois de duas horas de divertimento, Bobo decidiu deixar seu novo amigo partir. Mas longe dele a ideia de deixá-lo no meio da clareira. Ele se levantou, foi em direção à floresta e o colocou delicadamente em um galho no alto. Definitivamente, esse gorila é de uma gentileza extrema.

De Freitas Agostinho
Leia mais
Sem Internet
Verifique suas configurações