Mais de 140 aves são queimadas vivas no Mato Grosso do Sul

Mais de 140 aves são queimadas vivas no Mato Grosso do Sul

Apesar das críticas dos ativistas, as autoridades locais afirmaram que sacrificar as aves era a decisão mais segura a se tomar.

O episódio está revoltando moradores de Corumbá, no Mato Grosso do Sul, e ambientalistas de todo o Brasil: há alguns dias, 144 canários peruanos foram resgatados de uma casa na região e levados pela Agência Estadual de Defesa Sanitária Animal e Vegetal (IAGRO).

Apesar de terem sido salvos dali, o destino dos pássaros não foi nada feliz. Como eles não tinham as documentações sanitárias obrigatórias por terem entrado ilegalmente em território brasileiro, eles foram incinerados na sede da Polícia Ambiental local.

Leia também
Imagens de um enorme tubarão-tigre capturado na Austrália comovem a internet

Apesar das duras críticas de ativistas que atuam em defesa dos animais, as autoridades responsáveis alegaram que esta era a decisão mais prudente a se tomar visto que esses canários peruanos poderiam colocar em risco a fauna avícola e a avicultura comercial - embora não tenha sido apresentada nenhuma prova de que os animais não eram saudáveis.

(Fonte: Folha MS) 

De Freitas Agostinho
Leia mais
Sem Internet
Verifique suas configurações