Alergia: reconhecer e tratar os sintomas para evitar as complicações

Alergia: reconhecer e tratar os sintomas para evitar as complicações

É importante agir o mais rápido possível, assim que aparecem os primeiros sintomas, para limitar as complicações.

Definição: o que é uma alergia?

A alergia é uma reação anormal e excessiva do sistema imunitário quando o organismo é exposto a uma substância (o alergênico) reconhecido como estranho. Ele pode tratar-se de elementos variados como pólen, pó, alimentos ou medicamentos. Se a proporção das pessoas alérgicas era mínima nos anos 60, ela tem crescido exponencialmente. 

"A incidência das doenças alérgicas está em constante aumento", confirma a alergista Michèle Raffard, ex-funcionário do Instituto Pasteur. Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), a proporção deve continuar a aumentar e atingir metade da população mundial até 2050. "Uma pessoa com alergia espera cerca de 7 anos antes de consultar um médico o que pode fazer com que a doença se agrave", destaca a Associação Asma e Alergias. É, portanto, necessário reconhecer os sintomas.  

Como reconhecer os sintomas de uma alergia?

Seja ele respiratório, alimentar, medicamentoso ou outro, a alergia pode ter uma grande variedade de sintomas. Os sinais mais comuns são a rinite ( nariz entupido, escorrendo, coceira, espirros...) e a asma para as alergias respiratórias, o eczema e urticárias ( placas vermelhas, coceiras) para alergias cutâneas. 

Em relação às alergias alimentares, os sinais podem variar. Podem ser sintomas cutâneos ( urticária, edemas), sintomas respiratórios (dificuldades de respirar, asma) ou sintomas digestivos ( diarréias, dores abdominais). As manifestações podem ser severas e levar ao choque anafilático ( com inchaço, asma, diarréia, baixa da pressão arterial e até parada cardíaca).Para alergias medicamentosas, os sintomas podem ser de diferentes tipos. Picadas de inseto(vespas, abelhas) também podem ser fontes de alergia. Neste caso, o sintoma é um inchaço na zona da picada mas também pode ser mais grave. 

Alergia: determinar um alérgeno

Sempre que uma reação alérgica aparece, é importante determinar a sua causa, ou seja, identificar o alérgeno. Para isso, é necessário consultar um especialista que questionará o paciente sobre as circunstâncias da alergia e fará testes. Estes testes consistem em expor o paciente a uma pequena quantidade de alérgeno em potencial para determinar aquele ou aqueles que provocam a reação excessiva do sistema imunitário. Isso se faz por testes cutâneos ou dosagem no sangue.

O processo é feito por eliminação.Por exemplo, o objetivo será eliminar ácaros, pêlos de animais ou mofo.  Para o pólen, a situação é mais delicada mas podemos pensar em se abster de contatos prolongados como caminhadas em florestas ou piqueniques na grama.

Tratar os sintomas para evitar complicações

Ao mesmo tempo, é necessário "tratar os sintomas leves para limitar sua progressão" porque as crises podem ser agravadas com o contato com os alérgenos como grãos de pólen ou pelos de gato que provocam reações, explicou a alergista Michèle Raffard. Para reduzir e curar os sintomas, tratamento com anti histamínicos, corticóides e broncodilatadores podem ser prescritos para as alergias leves e ocasionais. Entretanto, para alergias crônicas ou severas, é aconselhável fazer uma "imunoterapia alergênica" ou dessensibilizadora.

Leia também
Descubra o efeito surpreendente do leite com Coca-Cola

Trata-se da "única solução terapêutica que trata a alergia de maneira durável", segundo a Associação.Esta solução consiste em habituar o organismo ao alérgeno para que ele não mais o reconheça como estranho e para que o sistema imunitário não reaja de forma excessiva. Entretanto, a dessensibilização não pode ser feita para todos os tipos de alergia.

O tratamento pode ser feito por anos e varia em função dos indivíduos. "Dependendo do tempo de doença e do sistema imunológico do paciente, a eficácia será variável, em torno de 70% dos casos", indica Michèle Raffard. O melhor é consultar um alergista o mais rápido possível. 

Raposo Gabriela
Sem Internet
Verifique suas configurações