"Kalsarikännit": o costume de beber álcool sozinho e seminu em casa

"Kalsarikännit": o costume de beber álcool sozinho e seminu em casa

Na Finlândia, o hábito de beber sozinho vestindo apenas a roupa de baixo é um costume nacional.

Sextou?

Quem nunca se viu próximo ao final de semana e, apesar de ter recebido convites para festas, churrascos ou beber no bar com os amigos, o que realmente queria era apenas ficar em casa sozinho, bebendo alguma coisa e assistindo televisão?

O que é a realidade de muitos brasileiros e brasileiras por todo o país é também um costume amplamente praticado na Finlândia: lá, o hábito de ficar em casa sozinho bebendo alguma bebida alcóolica e mais, seminus vestindo apenas a roupa de baixo, é um costume nacional. A prática tem até mesmo nome: "Kalsarikännit" (fala-se "calçaricãnít"). Os finlandeses levam o hábito muito a sério, sendo considerado um motivo de orgulho pela população. É tão reconhecido que até mesmo a página da internet elaborada pelo ministério das Relações Exteriores possui uma seção explicando o costume, explicando que é considerado uma tradição nacional. Nos smartphones e nas redes sociais finlandesas já existe até mesmo um emoji específico para simbolizar o ato de beber sozinho de cueca ou calcinha.

Uma obra dedicada ao Kalsarikännit

Mas por que existe esse hábito e qual o motivo de ser amplamente reconhecido e praticado em países como a Finlândia? O escritor finlandês Miska Rantanen dedicou seu trabalho para redigir o livro "Kalsarikännit: bebendo em casa sozinho, sem roupas de baixo" para tentar explicar o fenômeno. Em uma das passagens da obra, ele diz que o Kalsarikännit abre uma via para "relaxamento solitário, recuperação e autoempoderamento que ajuda a enfrentar desafios", ou seja, uma espécie de descanso que prepara o corpo e a mente para enfrentarmos as dificuldades do dia a dia. Segundo a BBC e citando o livro de Rantanen, o autor começa descrevendo como o hábito é praticado: "Tire a roupa de trabalho até ficar apenas com a roupa de baixo. Coloque petiscos doces e salgados ao alcance da cama ou do sofá, perto do controle remoto e de dispositivos para acessar mídias sociais. Abra uma garrafa ou lata de bebida alcoólica". Miska ainda continua explicando que a Finlândia está posicionada no topo da lista de países mais felizes e de igualdade de gênero, afirmando também que o país é um exemplo de educação e bem-estar geral da população, e revela que a prática pode sim estar relacionada com o sucesso do país. Para ele, isso evidencia  "a habilidade dos finlandeses de permanecerem calmos, saudáveis e satisfeitos ao lidar com tarefas e tentações ou a enfrentar o estresse do trabalho", conseguida também através da Kalsarikännit.

As origens do hábito

Leia também
Em 1961 essa menina foi encontrada à deriva no meio do mar. Agora, ela revela a verdade

Muitos afirmam que o costume de ficar em casa bebendo sozinho surgiu para que os finlandeses passassem o inverno rigoroso que dura seis meses de uma forma mais confortável; nos dias mais frios, os termômetros registram até 20ºC abaixo de zero. Assim, muitas pessoas preferem ficar em casa aconchegados a vestirem várias camadas de roupas e sair com os amigos. O costume virou até mesmo assunto de segurança pública: segundo o governo finlandês, beber sozinho em casa é uma forma de evitar "problemas de comportamento público", geralmente associados com o consumo excessivo de bebidas alcóolicas.

 

Fonte: BBC

Imagem: Istock  

De Freitas Agostinho
Leia mais
Sem Internet
Verifique suas configurações