Esse norte-americano se "alimentou" exclusivamente de cerveja por 46 dias

Esse norte-americano se "alimentou" exclusivamente de cerveja por 46 dias

Esse norte-americano de 40 anos seguiu uma tradição da quaresma construída pelos monges cervejeiros alemães do século XVII.

Este é um desafio que nós recomendamos fortemente que você não tente fazer em casa. Aos 40 anos, Del Hall, diretor de vendas da cervejaria norte-americana Fifty West Brewing Company localizada em Cincinnati (Ohio), decidiu se inspirar em uma tradição de quaresma de monges cervejeiros alemães do século XVII. Durante 46 dias de quaresma, ele simplesmente renunciou à comida e se contentou em se "alimentar" de cerveja durante todo o período.

Leia também
Conheça os 20 países que consomem mais álcool no mundo

Sua dieta "100% lúpulo" começou dia 6 de marso e terminou dia 21 de abril e foi validada por seu médico, que lhe recomendou simplesmente a acompanhar seu consumo diário quotidiano de cerveja com um coquetel de vitaminas. "Quando você estuda a história da 'Doppelbock' (cerveja alemã de fermentação alta ou baixa, produzida essencialmente na Bavária para o período da quaresma), você aprende que os monges inventaram esse tipo de cerveja para ajudá-los durante esse período. Em 1654, eles decidiram abandonar todos os alimentos sólitos e se contentar com a cerveja. Então eu só resolvi fazer igual a eles para ver se isso era mesmo uma realidade ou era ficção", contou o homem à rádio KDKA.

No final, Del bebia de dois a cinco garrafas de cerveja por dia, às quais ele adicionava às vezes chá e café sem açúcar. ele afirma que não teve fome em momento algum, nem embriaguez. Melhor: seus 46 dias de jejum fizeram com que ele perdesse a bagatela de 20 kg! E se ele fala que está se sentindo bem depois dessa experiência ao menos maluca, seu corpo guarda bem os traços dessa dieta alcoolizada: "Vou precisar de cinco a seis dias para poder voltar a comer o que eu quero.""Espero que quando eu terminar esse jejum (...) quando eu tiver fome e só tiver comida ruim, eu vou optar por não comer nada", concluiu.

De Freitas Agostinho
Leia mais
Sem Internet
Verifique suas configurações