Menina de 17 anos é obrigada a cobrir o busto com band-aid por "distrair" colegas de classe

Menina de 17 anos é obrigada a cobrir o busto com band-aid por "distrair" colegas de classe

Lizzy Martinez foi à escola usando um largo casaco Calvin klein sem sutiã. Algumas horas depois, ela estava na enfermaria para colocar band-aids nos seus mamilos por "distrair" seus colegas de classe.

Lizzy Martinez, de 17 anos, foi retirada da sala de aula na Braden River High School em Bradenton, na Flórida. Segundo os funcionários da escola ela estaria "distraindo os outros estudantes" e um "menino estava rindo dela". Lizzy contou que, em um primeiro momento, ela foi chamada a atenção por violar o código de vestimenta da escola. Mas depois soube que um estudante fez uma reclamação formal contra ela. 

"Eles me fizeram colocar uma segunda camiseta, levantar e me mexer, pular... para ver o quanto meus seios iam se mover. Eu fiquei mortificada. - afirmou Lizzy para o Buzzfeed News. Ela deixou a enfermaria em lágrimas. 

"Eles me disseram para esconder meus mamilos e eu fui ao banheiro e chorei. Eu estava em choque por não usar um sutiã ter se tornado um problema. Na maioria dos dias eu não uso um, depende do meu humor. Eu não estou usando um agora e por que isso deveria importar à alguém além de mim?"

No dia seguinte, após twittar sobre o incidente, ela informou seus seguidores que a escola Braden River havia a bloqueado no Twitter. Até o domingo à noite ela ainda estava barrada de seguir a conta da escola. A mãe de Lizzy, Kari Knop, recebeu ligações da instituição para falar sobre uma "questão sensível" e ficou chocada com o acontecido.

 "É um exemplo horrível de como nossa cultura culpa o corpo feminino. Se um menino estava encarando os mamilos de minha filha por tanto tempo, por que ele não foi punido? Toda essa questão abriu os meus olhos e colocou as coisas em perspetiva porque eu tenho um outro filho, um menino de 13 anos e, nessa idade, eles têm ereções por acidente e ninguém os expulsa de aula e os manda para casa. Por que os seios de uma menina de 17 anos se mexendo é diferente? São apenas células de gordura."

Leia também
Este adolescente queria importunar outro estudante

"Eles pediram para que ela se levantasse e mexesse os seios para provar que era uma distração", comentou, incrédula,Knop."

Após depoimentos de mãe e filha, a história viralizou na internet. A escola admitiu que deveria ter tratado a história de forma diferente. Lizzy e Kari afirmaram ter recebido inúmeras mensagens de apoio na web. A menina ainda não voltou à escola, por não se sentir confortável em frequentar a aula do professor que reclamou sobre seus seios.

 "É muito desconfortável para pessoas falarem sobre isso mas é importante levantar o debate. Muitas meninas sentem-se sexualizadas e passam suas vidas preocupadas em como devem parecer e como devem vestir-se. Então, eu estou aqui me expondo e começando essa conversa porque, obviamente, nós precisamos."

• Pedro Souza
Leia mais