Acne: espinhas, tratamento, causas, como tratar?

Acne: espinhas, tratamento, causas, como tratar?

A acne é definida como uma doença de pele que se manifesta pelo aparecimento de manchas vermelhas e formação de cravos. Quando afeta adolescentes, é chamado de acne juvenil.

O que é acne?

A acne geralmente resulta do acúmulo de sebo nas glândulas sebáceas. Produzida em excesso, essa substância lubrificante é susceptível de obstruir o duto dessas glândulas, levando, de fato, a uma multiplicação bacteriana (bactéria Propionibacterium acnes).

Como resultado, a inflamação se instala e causa uma erupção de espinhas. Os pontos pretos, são causados por uma expansão muito grande do ducto bloqueado, gerando o que é chamado de "lesões retinianas".

Quais são os sintomas da acne?

O rosto é a área frequentemente preocupante, mas a acne também pode afetar as costas, o couro cabeludo ou o tórax, uma vez que essas são áreas fortemente preenchidas com glândulas sebáceas. As principais manifestações da acne são:

- espinhas vermelhas: essas pápulas são causadas por um acúmulo de bactérias no folículo;

- cravos ou comedões;

- comedões fechados: são espinhas brancas que resultam da dilatação de um folículo piloso;

- cistos: nódulos profundos;

- nódulos: espinhas duras e dolorosas

- pústulas: lesões contendo pus.

Quais são as causas da acne?

Flutuações hormonais são uma das principais causas da acne. Essa é a razão pela qual geralmente ocorre na puberdade, quando os níveis de hormônios sexuais aumentam dramaticamente.

As mulheres também são mais afetadas por esta condição da pele porque experimentam mudanças hormonais significativas durante o ciclo menstrual. Além disso, muitas veem espinhas aparecerem alguns dias antes de sua menstruação.

Tomar certos contraceptivos hormonais ou gravidez também são fatores de risco. Além disso, a presença de acne na idade adulta pode revelar um distúrbio ovariano ou disfunção das glândulas suprarrenais.

Quais são os tratamentos da acne?

O tratamento da acne dependerá do grau do ataque. Por exemplo, acne leve geralmente é tratada com pomadas tópicas, gel de limpeza e outros cremes hidratantes.

Leia também
Conheça a "menina do algodão doce" que já encantou milhares de internautas

A acne rebelde, por sua vez, geralmente requer o estabelecimento de um tratamento medicamentoso (isotretinoína) para reduzir o tamanho das glândulas sebáceas e, assim, limitar a produção de seborreias.

Em mulheres jovens, a administração de uma pílula anticoncepcional apropriada às vezes é suficiente para reduzir os sintomas da acne. Ao mesmo tempo, a lavagem regular da pele, mas sem exageros, com um sabonete suave, ajuda a limitar a obstrução dos folículos.

• Danielle Pereira
Sem Internet
Verifique suas configurações