CNH-e

A intenção do governo com a CNH-e é gerar economia para os estados e mais praticidade para o motorista.

A partir de fevereiro, todos os estados brasileiros estarão obrigatoriamente aptos a disponibilizar a Carteira Nacional de Habilitação Eletrônica (CNH-e).

Alguns estados já aderiram ao documento digital. A CNH-e terá o mesmo valor jurídico da versão impressa, que continuará sendo emitida. Ao invés de apresentar o documento impresso, o motorista poderá mostrar a CNH-e, que funcionará através de um aplicativo para smartphone.

A CNH-e só poderá ser solicitada por quem já possui o documento com o QR-Code, um código que possibilita a leitura das informações por aparelhos eletrônicos e que foi implantado nos documentos desde maio de 2017. 

O aplicativo pode ser baixado no App Store para iOS ou no Play Store para quem possui Android. Após baixar o app, o motorista terá que escolher entre usar um certificado digital (pago), que permitirá fazer todo o processo pela internet, ou procurar um posto do Detran para se cadastrar.

Você já aderiu a sua?

Publicado por -