Síndrome de Asperger: definição, sintomas, teste e tratamento

Síndrome de Asperger: definição, sintomas, teste e tratamento

A síndrome de Asperger é um transtorno da família do autismo e é caracterizada principalmente pela dificuldade na comunicação e no estabelecimento de relações sociais.

Definição: O que é Síndrome de Asperger?

A síndrome de Asperger é um transtorno da mesma família do autismo. Faz parte do TEA (Transtorno do Espectro Autista) ou TGD (Transtorno generalizado do desenvolvimento) e é caracterizada por problemas na comunicação e nas relações sociais. Por outro lado, ela não se trata de uma deficiência intelectual ou atraso na linguagem.

A síndrome de Asperger surge na infância e afeta muito mais os meninos do que as meninas. Estima-se que cerca de 500 mil pessoas são afetadas por essa síndrome em todo o mundo.

Sintomas da síndrome de Asperger

A síndrome de Asperger é caracterizada pelos seguintes sinais clínicos:

- dificuldade em se comunicar e em compreender as situações sociais (sinais corporais, regras sociais implícitas)

- interesses limitados: tendência a desenvolver uma obsessão por uma área específica

- falta de coordenação motora: movimentos repetitivos e/ou mal controlados

- hipersensibilidade (hiperacusia): dificuldade em suportar ambientes barulhentos

- apego à rotina: dificuldade para lidar com o inesperado

- vocabulário rico graças a uma boa memória

Diagnóstico da síndrome de Asperger

A síndrome de Asperger é muito difícil de se diagnosticar devido à ausência de um retardo mental. Seus sintomas podem estar associados a diferentes distúrbios comportamentais, da linguagem ou de desenvolvimento.

Os primeiros sinais da síndrome de Asperger são visíveis nos primeiros meses ou anos (ausência de gestos sociais no primeiro ano, falta de palavras aos 18 meses, perda da linguagem ...). No entanto, o diagnóstico da síndrome de Asperger é dado geralmente após os 10 anos. Ele é feito com ajuda de testes específicos, observações, avaliação fonoaudiológica, assim como sondagem na família e escola.

Tratamento para a síndrome de Asperger

Infelizmente, não há cura para a síndrome de Asperger. No entanto, um acompanhamento multidisciplinar pode ajudar a aliviar os sintomas. Ele pode ser composto de reabilitação fonoaudiológica, terapia comportamental ou terapia psicológica.

Um tratamento com medicamentos também pode ser utilizado para reduzir sintomas autistas.

Síndrome de Asperger em adultos

Na idade adulta, a síndrome de Asperger é caracterizada pelos mesmos sintomas que nas crianças. Como a deficiência não é imediatamente visível, as relações com pessoas desconhecidas no dia-a-dia podem se tornar complicadas.

Para facilitar a integração social de pessoas afetadas com a síndrome, um acompanhamento pode ser feito. Esse acompanhamento se adequa ao nível de autonomia do paciente.

• Marcos Silva