Retenção de líquidos

A retenção de líquidos, ou edema, é o inchaço de um tecido causado pela acumulação de líquidos fora dos vasos sanguíneos. Pode ocorrer durante a gravidez ou ser causada por certas doenças.

O que é retenção de líquidos?

A retenção de líquidos, chamada de edema pelos médicos, é o inchaço de um tecido devido a um acúmulo de líquidos que saem dos vasos sanguíneos.

O corpo humano contém cerca de 65% de água, essencial para seu funcionamento. O organismo deve manter continuamente o equilíbrio hídrico entre os líquidos ingeridos, em bebidas ou alimentos, e os eliminados pela urina ou transpiração. Este equilíbrio pode ser rompido em caso de uma disfunção da circulação sanguínea. Quando isso acontece, o corpo já não elimina mais adequadamente o excesso e armazena mais líquidos do que o necessário. Isto leva, então, à dilatação dos vasos sanguíneos e à migração de líquido para os tecidos intersticiais circundantes. 

Sintomas da retenção de líquidos

A retenção de líquidos geralmente ocorre na parte inferior do corpo devido à gravidade. Em seguida, pode-se observar um inchaço das pernas ou dos pés. Os sapatos e as calças parecem menores. No entanto, o edema também pode afetar outras partes do corpo como o abdômen, braços ou face.

A retenção de líquidos também pode provocar uma mudança brusca no peso. O peso pode variar muito em apenas 24 horas.

Causas da retenção de líquidos

A retenção de líquidos pode ter várias origens diferentes. Várias doenças podem causar um edema:

Flebite (trombose venosa): É a obstrução de uma veia por um coágulo sanguíneo. O aumento da pressão pode, então, provocar um edema.

Cirrose hepática: O fígado é o filtro do sistema sanguíneo. Uma disfunção causa, portanto, uma dilatação dos vasos sanguíneos.

Hipertireoidismo: No hipertireoidismo, o corpo funciona mais devagar. O coração tem dificuldade em bombear o sangue e a circulação sanguínea fica mais difícil, causando uma dilatação dos vasos.

- Doença pulmonar crônica

Mas a retenção de líquidos pode ser explicada por outros fatores, não-patológicos. Durante a gravidez, a barriga pode fazer uma forte pressão no sistema venoso, provocando, dessa maneira, uma má circulação. Além disso, a alteração hormonal durante a menstruação também pode causar um edema, principalmente nos seios ou no abdômen.

Finalmente, um forte calor, ficar em pé durante muito tempo e frequentemente, uma alimentação muito rica em sal ou certos medicamentos são outras possíveis causas.

Tratamento e remédios para diminuir a retenção de líquidos

O tratamento para a retenção de líquidos busca, em um primeiro momento, tratar as causas do inchaço. No entanto, existem vários remédios e regras que devem ser respeitadas para aliviar os sintomas.

- Ajustar sua dieta: É aconselhável comer menos sal. De fato, o sal retém água no organismo. Além disso, os alimentos que contêm muita água devem ser evitados, como sopas, café ou alguns legumes verdes.

- Beber menos.

- Evitar lugares quentes.

- Manter as pernas elevadas em repouso: Isso ajuda a melhorar o fluxo sanguíneo.

- Utilizar meias de compressão: Elas também ajudam o sangue a circular melhor.

Publicado por -