Histerectomia

A histerectomia é a cirurgia de remoção do útero. Esta operação é útil para tratar algumas patologias, principalmente os miomas, mas também a endometriose e certos tipos de câncer.

Definição: O que é histerectomia?

O útero faz parte do sistema reprodutor feminino, é uma cavidade oca em forma de triângulo que se encontra no prolongamento da vagina. Ele tem um colo e um corpo. Desempenha um papel essencial na função reprodutiva das mulheres, pois é em sua mucosa que o embrião, e depois o feto, se prende e se desenvolve.

No caso de certas doenças, principalmente o mioma (um tumor não canceroso de gravidade variável), pode ser necessário realizar uma histerectomia.

A histerectomia é a remoção cirúrgica do útero. Fala-se de histerectomia total quando a operação inclui a remoção do colo do útero.

Por que fazer essa intervenção?

Para as pacientes mais jovens, a remoção do útero significa o fim da possibilidade de ter um filho. A lubrificação vaginal e o ciclo hormonal, no entanto, podem ser mantidos quando os ovários são deixados no local. Dessa forma, a vida sexual não é comprometida.

Geralmente a histerectomia é a melhor solução para os fibromas (miomas), a endometriose ou para o câncer. Porém não é uma decisão que deva ser tomada rapidamente. Embora para algumas mulheres a histerectomia possa ser difícil de aceitar (porque sentem que perdem sua feminilidade), para outras esta intervenção pode ser uma verdadeira libertação.

Como é a histerectomia?

A intervenção pode ser feita sob anestesia geral ou locorregional. A escolha depende do caso da paciente, das decisões do cirurgião e do anestesista. Em seguida, a intervenção pode ser feita de duas maneiras:

- Histerectomia por via abdominal: a intervenção é realizada por uma abertura do abdômen, geralmente horizontal, às vezes vertical, entre o púbis e o umbigo.

- Histerectomia vaginal: a intervenção ocorre por vias naturais e não envolvem nenhuma incisão abdominal.

O tipo de intervenção será escolhido previamente pelo médico.

Quais são os riscos da histerectomia?

Complicações relacionadas a uma histerectomia são excepcionais. Os riscos de hemorragia ou de infecção também são muito baixos e podem, se for o caso, ser eliminados com a ajuda de um tratamento local.

Publicado por -