Cervicalgia

Uma cervicalgia é uma dor localizada nas vértebras cervicais. Existem dois tipos de cervicalgia: a cervicalgia crônica e a cervicalgia aguda.

Definição: o que é uma cervicalgia?

Uma cervicalgia é uma dor localizada nas vértebras cervicais. Ela pode ser crônica (quando dura várias semanas) ou aguda (quando só dura alguns dias). A forma da cervicalgia aguda mais comum é a torcicolo.

A coluna cervical é composta de sete vértebras, ligadas por músculos e ligamentos, que formam uma ponte óssea entre a cabeça e o tronco. Ela controla os movimentos da cabeça em relação ao tronco e assegura a sua sustentação. É a porção da coluna vertebral mais frágil.

A cervicalgia é um problema frequente que afeta mais as mulheres do que os homens.

Sintomas da cervicalgia

A cervicalgia pode se manifestar pelos seguintes sintomas:

- Dor na nuca que pode irradiar para os ombros ou braços

- Rigidez na nuca

- Desconforto nos movimentos da cabeça

- Dores de cabeça

- tonturas

- Formigamento no pescoço

Quando a dor se situa de um só lado e se espalha para o ombro ou braço, ela é chamada de nevralgia cervicobraquial. Assim como uma ciática na perna, é causada pelo pinçamento ou por algum dano no nervo que irriga o braço.

Causas da cervicalgia

Lesões musculares ou articulares são a causa mais comum de uma cervicalgia aguda. Elas podem ser causadas por uma má postura ou por um movimento brusco.

Uma cervicalgia também pode aparecer após um traumatismo cervical como um “golpe de coelho”, um choque violento na nuca. Isso pode acontecer em um acidente de carro ou em um mergulho mal feito. Em casos raros, ela pode ser ligada a uma doença infecciosa, reumática ou tumoral.

A cervicalgia crônica geralmente é causada por uma artrose das vértebras cervicais. Uma hérnia cervical também pode ser a origem desse tipo de cervicalgia.

Tratamento de uma cervicalgia

O tratamento da cervicalgia é adaptado de acordo com a causa do problema. Em um primeiro momento, busca aliviar a dor e, para isso, o médico pode prescrever analgésicos ou anti-inflamatórios. É aconselhável aplicar calor na área dolorosa. O uso de um colar cervical também pode ser proposto, principalmente em casos de torcicolo. Ele só deve, contudo, ser usado por alguns dias, pois o movimento do pescoço favorece a cura.

Sessões de reabilitação e de musculação da nuca com um fisioterapeuta são recomendadas para reforçar as vértebras cervicais e reduzir os riscos de recorrência.

Em caso de cervicalgia crônica causada por uma artrose, injeções de corticoides podem ser utilizadas.

Publicado por -