botulismo

O botulismo é uma doença rara causada pela ingestão de uma neurotoxina bacteriana. Ela existe sob várias formas: botulismo alimentar, botulismo infantil ou botulismo de feridas.

O que é botulismo?

O botulismo é uma doença rara causada pela ingestão de uma neurotoxina bacteriana. Esta toxina, chamada bolutina, é produzida pela bactéria Clostridium botulinum. Ela se desenvolve em alimentos mal conservados.

A contaminação do botulismo acontece principalmente através dos alimentos, na forma de intoxicação alimentar. A doença não pode ser transmitida de um indivíduo para outro.

Quando não é tratado precocemente, o botulismo é potencialmente mortal.

Sintomas do botulismo

O período de incubação do botulismo é muito curto. Pode levar de algumas horas a um pouco mais que um dia. Os sintomas geralmente são os mesmos para todas as pessoas, mas podem ser de intensidade variável:

- Distúrbios da visão (visão dupla ou turva)

- Boca seca

- Problemas de deglutição

- Dificuldades da fala

- Forte fadiga

- Paralisia muscular, especialmente no rosto, cabeça, tórax e membros

- Paralisia respiratória, nos casos mais graves

Transmissão do botulismo

Existem vários tipos de botulismo, dependendo do modo de contaminação.

Botulismo alimentar: Esta é a forma mais comum de botulismo. A bactéria Clostridium botulinum se desenvolve em alimentos com baixo oxigênio e produz toxinas que são transmitidas através da ingestão. Entre os alimentos mais afetados, encontram-se vegetais enlatados (espinafre, feijão verde ...), conservas de atum ou peixe fermentado. 

Botulismo infantil: É causado pela colonização do intestino por Clostridium botulinum. A contaminação ocorre pela ingestão de mel ou de poeira com esporos da bactéria. O botulismo infantil afeta principalmente crianças com menos de um ano, mas, às vezes, pode afetar adultos.

Botulismo de feridas: Aqui, a contaminação ocorre através de uma ferida aberta. É uma forma muito rara da doença que afeta principalmente as pessoas que usam drogas por seringas.

Tratamento do botulismo

O tratamento do botulismo é sintomático. Nos casos mais graves, uma ventilação assistida pode ser utilizada em associação à terapia intensiva. A recuperação pode levar vários meses.

Um tratamento precoce (em até 24 horas após a intoxicação) com antitoxina pode ajudar a reduzir os riscos de mortalidade. No entanto, os antibióticos não têm nenhum efeito sobre a Clostridium botulinum na idade adulta e, portanto, só são prescritos em casos de botulismo infantil.

Existe uma vacina contra o botulismo, mas ela raramente é utilizada. De fato, ela pode causar efeitos colaterais significativos. A melhor prevenção continua a ser o respeito às regras de higiene

Publicado por -