Um incrível "tapete de ouro" é formado por uma árvore de 1.400 anos na China

Um incrível "tapete de ouro" é formado por uma árvore de 1.400 anos na China

Todos os anos, milhares de turistas vão admirar a folhagem cintilante de um antigo e imponente Ginkgo biloba situado perto de um tempo budista na China. 

Alguns o chamam de "Árvore de mil coroas". O Ginkgo biloba deve este apelido à sua folhagem incrível que, durante o outono, impressiona com tons de amarelos dourados. Quando as folhas caem, eles formam na base do tronco um imenso tapete, como uma extensão de peças de ouro.

E, quanto maior a árvore, maior o show. Um dos mais majestosos exemplares possui 1.400 anos de idade e se encontra perto do templo budista de Guanyin Gu, nas montanhas de Zhongnan, bem no centro da China.

Um fenômeno espetacular

O ancião Ginkgo biloba atrai milhares de visitantes a cada outono, que não hesitam em fazer  longas viagens para admirar suas cores cintilantes. O fenômeno começa, geralmente, em meados de novembro e é um dos mais notáveis do mundo.

Além disso, o histórico da árvore é bem particular, pois ela foi plantada durante a dinastia Tang chinesa entre os anos de 618 e 907. Devido à sua idade avançada e outras peculiaridades, ela está na lista de árvores notáveis e protegidas. As imagens que você pode ver no vídeo testemunham por que ela se tornou uma atração incrível.

De acordo com os botânicos, o Ginkgo biloba, cujo tamanho pode atingir 20 a 30 metros, seria a família de árvores conhecida mais antiga do mundo. Esses espécimes de plantas apareceram há quase 270 milhões de anos, ou seja, mesmo antes dos dinossauros.

• Bruna Moura
Leia mais